A Intentona revisitada

Postado em 08/12/2018 07h00
Publicou-se, há poucos dias, que o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, determinou que se faça uma análise sobre a Intentona Comunista. Todo mundo sabe: a de 1935. Seu objetivo, à época, era derrubar Getúlio Vargas da presidência da República, que assumira em 1930, após a revolução...

Sexos e gêneros

Postado em 07/12/2018 07h00
Há um imenso manancial de dúvidas quanto ao problema do sexo, da reprodução, da identificação das pessoas. É perfeitamente razoável, nesta época em que todos se julgam conhecedores de minúcias quanto a esta questão por força do moderno instrumental tecnológico que se vai disponibilizando. Será?...

Problemas e culpados

Postado em 05/12/2018 07h00
Chegado o tempo da posse e da transferência do poder aos eleitos. Tudo tão democraticamente como possível num país como o nosso, com a população que temos e a consciência de saber discernir entre o bom e ruim, entre o honesto e o desonesto, como aliás sempre foi, consoante as condições que...

Na pista da criminalidade

Postado em 29/11/2018 07h00
Não mais causam espanto ou susto, porque as notícias estão inseridas no regular noticiário de todos os veículos de comunicação. São referentes à onda de violência que invadiu o Brasil e se propagou pelos estados, pelas favelas – transformadas em comunidades, pelos conjuntos habitacionais, até...

O sacrifício de Elza

Postado em 28/11/2018 07h00
Realizou-se, em Belo Horizonte, em novembro, a 17ª edição do Festival Teatro em Movimento, apresentando no Brasil Vallourec o musical “Elza”, que resgata os maiores sucessos em mais de seis décadas de carreira da cantora Elza Soares. Um espetáculo vívido, particularmente atraente para quem gosta de...

A democracia não chega

Postado em 27/11/2018 07h00
O mundo, dito civilizado, acompanha pelas imagens de televisão, pelos repórteres de rádio ou pelas páginas de jornais, a marcha interrupta de uma caravana que saiu há um mês de Honduras com destino aos Estados Unidos. Há cerca de uma semana, acelerou seus passos pelo estado de Sinaloa, já no México...

A escravidão desvendada

Postado em 24/11/2018 07h00
A partir de agora, tem-se em português um livro esplêndido, singular, em 600 páginas, que antes existia apenas em língua inglesa. É que, conforme programado, está sendo lançado “Crescendo em silêncio. A incrível economia escravagista de Minas Gerais no século XIX”, de Roberto Borges Martins. A...

Medicina em Cuba

Postado em 22/11/2018 07h00
O Programa mais Médicos agoniza. Os profissionais cubanos, que somam mais de 8.300, deixarão o Brasil depois de o governo da ilha anunciar que interromperá a parceria. O problema está posto e se sabe à suficiência que as condições da prestação de serviços não agrada aos próprios esculápios...

Passarinho na muda

Postado em 16/11/2018 07h00
Cá em Minas comumente se diz que passarinho na muda não canta. No entanto, nesta hora de transição de um governo para outro, a boataria se espalha, os palpites ganham força e dimensão, as balelas se ampliam sob as mais várias intenções e em todos os sentidos. Os passarinhos não se aquietam, talvez...

Os políticos e o poder

Postado em 13/11/2018 07h00
Novos governantes, habitações luxuosas para os que sonham com o poder, que proporcione benesses e pompa, como acontece comumente. É natural, embora haja aqueles outros que desprezam ou relegam a ostentação. De tudo existe, em todas as épocas e lugares, mas algo é certo: os palácios favorecem o...

Nem vencidos ou vencedores

Postado em 10/11/2018 07h00
Exauridos em esperança, decepcionados, postos à prova, os brasileiros se vão daqui em busca de melhor lugar para viver seus sonhos e suas realidades, que não as experimentadas no Brasil. É o que se pode sentir com o livro que Eltânia André, mineira de Cataguases, psicóloga, escritora, residente em...

O essencial permanece

Postado em 09/11/2018 07h00
Eis-nos depois de procelosa tempestade, correspondente ao período da campanha eleitoral, a mais acirrada de quantas se fizeram no Brasil desde o fim do regime militar. Bem verdade que, apesar de já estarmos na fase pós, é possível não estarem amainados de vez os ânimos. Diante de tamanho e tão farto...