Inovar na forma e na prática

Mateus Simões / 10/05/2021 - 06h00

 

O Brasil, com as suas inúmeras burocracias e complicações de praxe, obriga que os partidos políticos tenham fundações de formação, que basicamente deveriam cuidar da promoção e formação política atuando como elementos de qualificação dos mandatários, das pautas e da ação política como um todo... Bem, apesar de elas existirem desde sempre, nunca ouvi dizer que elas tenham produzido nenhum desses efeitos.

O Novo, cumprindo o que manda a lei, formou a Fundação Brasil Novo, que se dedica exatamente (e efetivamente!) a estes propósitos e começa agora a entregar os seus primeiros resultados, já numa mudança completa de paradigma.

Ao invés de imprimir livros em homenagem a políticos, para serem distribuídos a quem não os quer ler, como várias das tradicionais fundações ligadas aos partidos fazem, a Fundação Brasil Novo já funciona a pleno vapor desenvolvendo pesquisas para propor as políticas públicas que vão mudar o país e oferecendo cursos de formação política a quem se propõe a estar na linha de frente da transformação do Brasil.

Como o partido Novo tem processo seletivo para escolher todos os seus candidatos – o que, por si, já é uma completa inovação no nosso cenário político –, a lógica é oferecer a capacitação para quem pretende participar da vida pública, qualificando o agente político para a transformação de que o país precisa.

Continuo acreditando que não deveria haver uma lei para obrigar os partidos políticos a formarem fundações com esse propósito, mas espero que as mais de trinta fundações que já existem (reflexo do numeroso quadro partidário brasileiro) possam se inspirar por essa experiência inovadora e efetiva de atuação e, com isso, a política possa ir se transformando, uma pessoa de cada vez, uma eleição de cada vez, até que tudo seja diferente.

Eu me animo com essas possibilidades. Apesar de todas as evidências que vamos acumulando, ao longo de tanto tempo, que nos fazem acabar concluindo que a política brasileira não tem salvação, o caminho para as mudanças já está pavimentado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários