Árvore solidária

Tio Flávio / 07/12/2018 - 07h00


Em novembro os shoppings inauguram decorações de Natal, com eventos, cupons para sorteios, luzes, chegada do Papai Noel e espaço para que as pessoas façam fotografias com o “bom velhinho”. Os lojistas preparam-se para um volume de vendas maior e mais satisfatório. Em meio a tudo isso, o Minas Shopping resolveu fazer uma árvore diferente, em um local nobre do piso 2: em frente à praça de alimentação, onde milhares de pessoas passam. A diferença não está na estrutura ou design da árvore, mas na ideia. 

A árvore poderia ter uma caixa na lateral, pedindo doações para ONGs, projetos ou instituições filantrópicas, que precisam muito de ajuda, mas o shopping se propôs a fazer diferente. Em meio aos enfeites, vários cartões de instituições sérias de Belo Horizonte e região podem ser encontrados como decoração, produzidos pelos próprios assistidos das instituições sociais, que juntas dão vida à Árvore Solidária Tio Flávio Cultural.

O convite foi do próprio shopping, que queria sensibilizar as pessoas para diversas causas, como idosos, pessoas com câncer, crianças com paralisia cerebral, projetos de educação e cidadania para jovens, iniciativas de apoio e trabalho com mulheres violentadas. 

O movimento voluntário Tio Flávio Cultural, que não é uma ONG e não tem vinculações partidária, religiosa e financeira, foi quem articulou os participantes, convidando entidades que já foram retratadas nessa nossa coluna do Hoje em Dia pelo seu reconhecido trabalho.

Ao passar pela árvore é possível parar, ler os cartões e conhecer trabalhos lindos, realizados tão pertinho da gente, que às vezes nem sabemos que existe. São iniciativas que visam assistir um público que está tão pertinho da gente, que às vezes desconhecemos a existência.Fazem parte da árvore Instituto Esperança, Projeto Assistencial Novo Céu, IOS, Nave, Centro Juvenil Dom Bosco, Mamamiga, Lar Tereza de Jesus, Ser Parte, Gcriva, Casa Repouso Ana Souza, Grupo GASS, Casa do Caminho e Instituto Herdar.Todos os cartões têm um pouco da história das instituições e os seus contatos, para quem quiser visitar.

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários