Amigos de Minas

Tio Flávio / 28/06/2018 - 20h44


Em abril de 2001 o senhor Idair, motorista de ônibus, recebeu a notícia de que um condutor embriagado havia atropelado seus dois filhos que brincavam num passeio. Um deles, Heitor, de 5 anos, não resistiu e faleceu. Com o seguro do DPVAT, ao qual o senhor Idair e sua família têm direito, ele iniciou uma missão no Vale do Jequitinhonha (MG).

Como o dinheiro do seguro fazia a família lembrar da dor do acidente, eles resolveram revertê-lo para uma família, que viram na TV, de 7 filhos que ficaram sem a mãe. A mulher faleceu por fome. Senhor Idair nem podia imaginar que essa família, vítima da seca, não seria a única a ser impactada pela ideia dele.

Assim, mobilizando amigos, conseguiu encher um caminhão de alimentos para levar ao Vale. Os amigos do trabalho contribuíram com tíquetes de alimentação. Um empresário conseguiu um caminhão para levar o que foi arrecadado e outro conseguiu um ônibus, para quem tivesse se empenhado na ação pudesse ir entregar as doações. E o sonho estava começando a ser realizado.


Nascia a ONG Associação Heitor Rodrigues Graciano, chamada de Amigos de Minas, que faz um trabalho lindo, de levar alimentação, carinho, afeto, abraços para tantas famílias abandonadas e esquecidas no norte de Minas. Além de cestas básicas, que é um foco do projeto, eles levam roupas, brinquedos, material escolar e de higiene, calçados, muitos abraços e o que for necessário, conforme a carência local.


É realizado de forma muito transparente, sem dono, sem chefe, sem vaidade e construído por pessoas de todos os credos e etnias, sem preconceito ou discriminação . A única exigência é que entre somente aquele que se interessa em ajudar ao próximo.

Depois de 17 anos, o material é adquirido com todo o esforço possível, contando com a solidariedade dos conhecidos, amigos, familiares. A viagem para entregar os materiais é realizada com o rateio entre os interessados em participar, para o pagamento de frete e hospedagem (quando necessário), o que normalmente gira em torno de R$ 190,00. O grupo não desiste, se mobiliza sempre, com muita alegria, para fazer com que crianças e adultos sejam abraçados material e afetivamente.

Informações: https://www.facebook.com/ongamigosdeminas/
 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários