Fortes mulheres

Tio Flávio / 24/08/2018 - 06h00
 
 
A Legião da Boa Vontade (LBV) foi fundada em 1º de janeiro de 1950 (Dia da Paz e da Confraternização Universal) pelo poeta e radialista Alziro Zarur. 
 
Segundo informações do seu site, “é uma associação civil de direito privado, beneficente, filantrópica, educacional, cultural, filosófica, ecumênica, altruística e sem fins econômicos, reconhecida no Brasil e no exterior por seu trabalho nas áreas da educação e da assistência social”. 
 
Neste mês a instituição inicia importante campanha de mobilização social a fim de angariar recursos para fortalecer ainda mais as ações que realiza em todo o Brasil, por meio de suas 82 unidades de atendimento. 
 
Intitulada “Eu ajudo a mudar”, a iniciativa convida a sociedade a conhecer os programas socioeducacionais que a LBV desenvolve nas cinco regiões brasileiras em prol de crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos, gestantes e famílias em situação de vulnerabilidade social. E ainda convida as pessoas a doarem para que tais projetos se mantenham.
 
A campanha desta edição destaca a importância da solidariedade ao compartilhar a trajetória de mulheres batalhadoras que tiveram suas vidas transformadas graças ao imprescindível apoio e ao engajamento de colaboradores, amigos, parceiros e voluntários que desenvolvem as ações humanitárias na LBV.
 
Os relatos dessas mulheres emocionam pelos desafios que enfrentaram para superar problemas como a depressão, a violência, a fome e o suicídio. 
 
Para muitas famílias chefiadas por mulheres, a única esperança é a solidariedade.
 
São histórias emocionantes, reais, que às vezes são tão distantes do dia a dia de muita gente, mas que são vivas em muitas pessoas.
 
Você pode acessar www.lbv.org/Historias para conhecer algumas dessas mulheres. Sobre a LBV, acesse: www.lbv.org/enderecos. Aproveite e siga, curta e compartilhe as ações da instituição nas redes sociais: Facebook/LBVBrasil, YouTube/LBVBrasil eInstagram/LBVBrasil.
 
 
 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários