No caminho do bem

Tio Flávio / 08/02/2019 - 06h00

Na semana passada fiz uma palestra em Tapurah (MT), quando falei sobre a dor do câncer, para a pessoa que o descobre e para os familiares. Uma pessoa chegou para mim, no final, me abraçou e falou: “o câncer não é o fim”. Essa é uma verdade a ser aprendida. Sabemos que é uma doença difícil de ser enfrentada, ainda mais quando este momento for acompanhado de uma situação em que, durante o tratamento, o paciente precisa deixar a sua cidade sem garantia de hospedagem, alimentação e transporte.

Mas sabemos, também, que no caminhar podemos contar com tanta gente que nos ama. O Instituto Casa do Caminho é “novo amigo” que oferece o ombro. Fundado em 2017, é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, que tem o intuito de acolher em Belo Horizonte pessoas vindas do interior em tratamento do câncer e de outras doenças de alta complexidade. Acolher com amor, dignidade, profissionalismo e qualidade são as marcas da Casa do Caminho, pois os usuários são hóspedes atendidos de forma integral em dimensões física, espiritual, psicológica e social. 


“A transparência é marca do nosso trabalho. A instituição não é vinculada a poderes políticos, econômicos ou religiosos. Possui processos democráticos que são avaliados de acordo com necessidades, possibilidades e contexto”, afirma a equipe gestora da instituição.

Para desenvolver o trabalho, a casa precisa criar fontes de renda, dentre elas estão três bazares onde são comercializados produtos novos e usados, doados por parceiros ou qualquer pessoa que queira “desapegar” de algo e dar um bom destino aos seus bens. 


Uma das acolhidas pela Casa do Caminho é a Renilce Queiroz de Brito, 28 anos, mãe de 2 filhos, irmã de Jairon Queiroz de Brito, paciente do Hospital João XXIII que teve 65% do corpo queimado pela ex-mulher. Eles residem em Araguatins (TO), a 1.824 km de BH. Para ela “...a Casa do Caminho é o caminho da esperança, do amor e do abraço”.

Informações: www.institutocasadocaminho.org.br

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários