A limpeza correta de equipamentos eletrônicos é fundamental, não só pelo período prolongado de emergência sanitária que vivemos, mas também pela quantidade enorme de bactérias que ficam presentes e proliferam nos aparelhos.

É importante observar que não se deve higienizar esses equipamentos com quaisquer produtos de limpeza doméstica. É preciso atentar para a utilização de substâncias que não sejam nocivas aos componentes eletrônicos, como o álcool 70% - desde que seja aplicado primeiro em um pano para depois entrar em contato com a superfície que se deseja limpar.

Confira 5 dicas para a limpeza correta de equipamentos eletrônicos:

Aparelho desligado

Antes de iniciar qualquer processo de limpeza, certifique-se de que o equipamento está fora da tomada ou mesmo desligado. Dessa maneira, você evita possíveis acidentes.

Produtos de limpeza

Panos de microfibra são os ideais para a limpeza de telas e teclados, já que são antiestáticos. Produtos de limpeza doméstica não são adequados pois podem danificar o aparelho e os componentes do display, além de prejudicar o toque da tela.

Água no pano

Para a remoção de mancha em telas, o pano deve estar apenas umedecido. No entanto, há produtos líquidos próprios para a limpeza e higienização dos equipamentos. Siga as orientações do fabricante e em pequenas quantidades.

Lenços umedecidos

Lenços umedecidos de limpeza próprios para equipamentos eletrônicos podem, muitas vezes, não possuir função bactericida, mas têm secagem rápida, e auxiliam na remoção de impressões digitais, poeira e gordura.

Álcool etílico 70%

O álcool isopropílico ou etílico com concentrações em 70% é utilizado para a limpeza de produtos eletrônicos. Porém, não pode ser jogado diretamente no dispositivo, o ideal é utilizar com um pano de microfibra.