Partiu da ideia de levar à passarela do Minas Trend um balneário chique, o desfile do Sindicato das Indústrias de Joalheria (Sindijoias) apresentado na noite dessa terça-feira (9). Foi a quarta vez que um grupo de associados mostra as coleções no evento.

“Começamos com o tema do MT, ‘Em Dias de Sol’, para selecionar as peças que desfilaríamos. Criamos uma unidade com as roupas de cores neutras, nude e preto, para que conseguíssemos destacar o DNA de cada marca. O desfile de acessórios é muito difícil de executar”, contou o jovem estilista Carlos Penna, diretor do desfile.

Na catwalk, quatro marcas. Lázara Design, que completa 25 anos de história em 2019 e é referência no Brasil em maxi colares com materiais como cristais Swarovski, correntaria, resina, couro, dentre outros, é uma delas.

Leia mais:

Fiemg quer priorizar expansão do Minas Trend e atrair expositores de fora do Estado

'A moda é o instrumento perfeito para a contestação', afirma Ronaldo Fraga no Minas Trend

A grife catarinense Mariana Amaral também participou do desfile. Esta foi a primeira vez. "Transmitimos através de acessórios, não só nosso conceito de moda, que remete as principais tendências que são o alvo das nossas pesquisas e inspirações, mas também a imagem da mulher que queremos alcançar", explica a designer.

Na segunda vez no Minas Trend, o carioca Atelier Chilaze fez uma releitura da própria coleção de 2013, sob o tema “Velhos Amigos”. "Essa coleção foi como encontrar os amigos para um papo, falar de histórias já contadas e vividas e ter enorme prazer em cada palavra. É encontro, é saudade sem nostalgia" explica Claudia Chilaze, uma das sócias da grife.

A marca Hector Albertazzi também é figura conhecida na passarela do Minas Trend, onde passou pela quarta vez nessa terça-feira.

Confira as imagens do desfile: