A semana de moda mineira está mudada. As alterações que vinham sendo levantadas pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e pelo diretor criativo do evento, Ronaldo Fraga, concretizam-se aos poucos, mas já trazem resultados visualmente atrativos.

A 23ª edição do Minas Trend, o maior salão de negócios do setor no Brasil, abriu suas portas oficialmente nesta segunda-feira (29), após um desfile de marcas autorais direcionado a convidados no domingo à noite. Até quinta-feira, a previsão é de que 15 mil pessoas circulem pelo Expominas, onde a estrutura está montada.

Os visitantes e também os cerca de 800 compradores encontrarão, sim, a cidade de “Lego” pensada por Ronaldo Fraga, diretor criativo do evento. “Todo o projeto gráfico foi concebido em cores, como uma cidade imaginária, com cara de reúso, que fala de inclusão, privilegia diferentes designers”, declarou o estilista na manhã desta segunda.

Conforme o criativo, o Minas Trend privilegiará as marcas autorais, que têm identidade própria. “Porque o novo sempre virá, ele sempre vem. E esses jovens pagam um preço por não olharem as vitrines de grandes lojas para se inspirarem ou as tendências que vêm de fora”, expôs.

Economia

Apesar de não parecer, uma vez que o evento em nada perdeu em estrutura (pelo contrário), houve uma redução de custos significativa, apontada pelo presidente da Fiemg, Flávio Roscoe. “Esse evento deu um passo grande na sustentabilidade, conseguimos reduzir em 50% o custo. Isso é muito importante, pois o evento passa a ter vida própria, deixa de depender da Fiemg. Fizemos isso sem perder a qualidade”, apontou o empresário, que destacou a relevância do mix de patrocinadores.

Atualmente, a cadeia produtiva da indústria mineira de moda responde por 23,5% do total de empresas e é a 2ª maior empregadora do Estado, com mais de 130 mil postos de trabalho.

Leia mais:

Marcas autorais e bandas de BH promovem experiência na passarela do Minas Trend

Minas Trend democratiza espaço da moda, valoriza veteranos e lança luz sobre novatos

Em entrevista exclusiva, Ronaldo Fraga diz que 'moda é veículo para democracia plena'