Não deveria, mas incomoda muitas mulheres, a ponto até de abalar a autoestima. O desconforto causado pelos furinhos que deixam a pele com aquele aspecto de casca de laranja, sobretudo no bumbum e nas coxas, é fruto de uma dermatose e pode ser amenizado com exercícios físicos e alimentação saudável, sem necessariamente precisar recorrer a clínicas de estética e tratamentos caros. Boa circulação sanguínea e musculatura fortalecida ajudam a prevenir a celulite e melhoram o aspecto geral da pele.

Para começo de conversa: é necessário muita cautela quando o assunto é o consumo de gorduras, carboidratos e açúcar (muita vezes disfarçado em diversos alimentos e não apenas nos doces). 

“Esses alimentos podem gerar sobrepeso ou obesidade, e, assim, aumentar a síntese e o armazenamento de gorduras, favorecendo o surgimento da celulite”, alerta a nutricionista Graziela Mendes.

Nada de frituras
A profissional ainda aconselha a evitar o consumo de alimentos fritos, enlatados, processados ou refinados, visto que são ricos em conservantes, corantes e substâncias artificiais.

“Além de dificultarem a digestão e de conterem alta porção de açúcares e gorduras, eles aumentam a quantidade de toxinas na corrente sanguínea”, alerta. 

A dica é optar por alimentos crus, integrais ou cozidos a vapor, que são mais bem digeridos e contêm maior teor de nutrientes e menos compostos tóxicos.

O déficit do consumo adequado de água e a ingestão exacerbada de sal também são grandes vilões para o aparecimento das marcas.

“Eles dificultam a troca de líquidos no organismo, favorecendo a retenção de resíduos tóxicos e provocando o aparecimento dos ‘furinhos indesejáveis’”, explica a nutricionista.

Suco detox
Graziela Mendes ainda recomenda um suco detox, que pode ser tomado diariamente, para tratamento e combate aos “temidos furinhos”. A receita inclui polpa de dois maracujás, suco de dois limões, 150 ml de água filtrada, uma colher de sopa de gengibre ralado, meia xícara de couve picada, gelo a gosto e uma colher de sopa de semente de girassol. 

Como fazer
“Bata a couve com a água no liquidificador e, em seguida, adicione os outros ingredientes. Quando a mistura estiver homogênea, sirva. O maracujá ainda pode ser substituído por acerola, kiwi, uva”, orienta a profissional.
(*) Estagiária do Hoje em Dia, sob supervisão de Luisana Gontijo

Saiba mais:

Atividade física caminha lado a lado com a boa nutrição, na cruzada contra gordurinhas