Primeiro país a identificar um caso do novo coronavírus, a China é berço também de uma das medicinas mais antigas da humanidade. Sustentada sobre cinco pilares - acupuntura, fitoterapia, dietoterapia, exercícios terapêuticos e massoterapia -, interpreta todos os nossos problemas de saúde como um desequilíbrio com o meio.

No caso das infecções respiratórias, a exemplo da Covid-19, um descompasso do corpo físico com o ambiente úmido. Alimentos quentes, como cravo e canela, amargos e alguns tipos de tratamentos específicos ajudariam, segundo os povos orientais, a nos proteger de viroses e acelerar o processo de recuperação, quando já estiverem instaladas.

Aperte o play e aprenda, com o especialista em medicina chinesa e acupuntura Pedro Maia, de Belo Horizonte, alternativas simples para se proteger ou acelerar a recuperação contra o coronavirus..