O estresse tem sido figura presente na vida de muita gente desde que a pandemia do novo coronavírus começou. Infelizmente, tudo isso está longe de terminar e precisamos conviver com situações as quais não imaginávamos.

Essas vivências e o consequente estresse que pode ser causado por elas podem causar efeitos em nossa saúde. De acordo com o farmacêutico Adriano Ribeiro, da rede de farmácias Extrafarma, a elevação do cortisol, por exemplo, pode acarretar problemas na pele, além de outros impactos no corpo.

Veja, abaixo, onde o estresse pode depositar seus efeitos:

Pele

O maior órgão do corpo humano é, geralmente, um dos primeiros a apresentar sinais de estresse. Eczema, que causa vermelhidão, coceira e descamação da pele, e a psoríase, que gera manchas vermelhas e coceira, além de ressecamento, estão entre os problemas mais comuns. Ambos, e também o agravamento da acne, estão ligados ao aumento nos níveis de cortisol, hormônio ligado ao estresse que provoca uma resposta inflamatória do organismo.

Cabelos

Dermatite seborreica, que se manifesta por meio de lesões avermelhadas, coceira e descamação da pele, é o problema mais comumente observado no couro cabeludo, barba, região da sobrancelha e atrás das orelhas. Tudo desencadeado pelo estresse, que também pode levar ao aumento da oleosidade ou até ao ressecamento dos cabelos. Cada organismo responde de um jeito diferente.

Estômago

Quando sentido por períodos prolongados ou de forma muito aguda, o estresse tem a capacidade de mudar o nível de acidez do estômago, causando azia, má digestão, gastrite e, em casos mais graves, a formação de úlceras. É preciso manter uma dieta equilibrada para que o órgão se recupere.

Músculos

Um dos principais sintomas do estresse é a tensão muscular, que se manifesta principalmente na região do pescoço, ombros e costas. Torcicolos, dores lombares e, em casos em que é mais acentuado, até mesmo dores de cabeça, podem ser gerados pelo estresse. Exercícios de alongamento específicos para essas regiões diminuem a tensão e as dores musculares.