Com mais gente trabalhando em casa, o mercado de computadores tem tido melhor sorte que outros setores da economia, nesses dias de pandemia. Tanto que fabricantes como Acer e Samsung acabam de lançar novos notebooks para diferentes aplicações. A marca sul-coreana ajustou sua game e lança a linha Books, com oito modelos, enquanto a Acer amplia sua linha de máquinas de alto desempenho com o modelos da linha Predator com as versões Helios, Titan e Nitro.

A fabricante taiwanesa tem como topo de linha o Predator Helio 700, que tem como a superfície deslizante, que desloca trackpad e teclado, que segundo a marca oferece melhor ergonomia. A A segunda novidade do aparelho pode ser visto ao deslizar o teclado.

O notebook recebeu novo sistema de resfriamento a vapor Predator PowerGem com três tubos que, segundo a fabricante, é quase quatro vez mais eficiente cobre na dissipação de calor. Trata-se um recurso fundamental para manter estável a temperatura do processador Intel Core i9 e da placa de vídeo Nvida GeForce RTX 2080 Super.

O Helios 700 ainda conta com unidade de estado sólido PCIe NVMe e suporte para até 64 GB de RAM. Para acomodar tudo dentro do chassi e oferecer performance de um notebook gamer, essa máquina não é compacta. Ela tem tela de 17,3 polegadas e espessura que lembra notebooks da década passada.

Intermediário

Num degrau abaixo, o Helios 300 é equipado com GPU GeForce RTX 2070, memória RAM DDR4 expansível a até 32 GB, além de acomodar até duas unidades SSDs PCIe NVMe de até 2 TB. Já o Triton 300, também conta com a placa RTX 2070 e SSD no padrão M2.

Completa a linha o Nitro 7, que tem como destaque o chassi de metal. A Acer aponta como a versão mais indicada para quem precisa de performance e mobilidade. Com apenas 2 cm de espessura, ele é dotado de placa RTX 2060, SSD M2 de 1TB e até 32 GB de RAM.

A fabricante ainda não definiu a data de lançamento e nem os preços que serão praticados no Brasil. Mas não serão baratos. Hoje, os modelos Predator variam entre R$ 10 mil e R$ 20 mil, dependendo da configuração. O novo Helios 700, é oferecido lá fora por US$ 2,4 mil (R$ 13 mil).

Produtividade

Samsung Book

Linha Book da Samsung conta com versões que partem de R$ 2.900

Quem não precisa de um notebook “da Nasa” para rodar games com o máximo de performance, a linha Book da Samsung chega para substituir as antigas Essentials e Expert. Com valores que variam de R$ 2.900 e R$ 7.200, a linha conta com oito modelos, que podem ser equipadas com processadores Intel Celeron, Core i3, i5 e i7, assim como opções de RAM que vão dos triviais 4 GB a 16 GB.

A versão topo de linha Book X55 conta configuração robusta, com direito a processador i7 de décima geração, placa gráfica Nvidia GeForce MX110 (que não é uma RTX, mas faz o dever de casa). Ele ainda conta com SSD de 1 TB e pode expandir a memória RAM até 32 GB.

No extremo oposto, o Book E20 figura como opção mais acessível. Ele pode ser configurado com o processador Celeron ou i3. A versão conta com disco rígido convencional e 4 GB de RAM. No entanto, a máquina conta com acesso rápido para instalação de novos pentes de memória ou substituição do HD.

Macbook

 

MacBook Pro

Novo MacBook Pro pode chegar a R$ 67 mil na configuração mais robusta

Se o amigo achou que os Acer são muito caros, e até mesmo as versões mais simples da linha Samsung estão longe de ser uma pechincha, é porque ainda não viu o novo MacBook Pro. A linha de alta performance da Apple foi atualizada com versões de 13 e 16 polegadas, com opções de processadores Intel i5, i7 e i9, assim como opções de SSD de até 8 TB e 64 GB de RAM.

A maçã ainda pode ser equipada com placa gráfica AMD Radeon Pro 5600M com 8 GB de memória HBM2. E quanto vale o show? A versão mais “acessível” parte de R$ 14.200. Já o modelo com tela 16 polegadas com a configuração máxima salta para nababescos R$ 67 mil