A Capcom é um selo que não desponta pelo grande volume de franquias. Mas é preciso reconhecer que ela sabe como poucas valorizar suas marcas e não deixar que seus estilos de jogos caiam no esquecimento. Da mesma forma que gerou grande expectativa para o lançamento de um game de plataforma 2D (“Megaman 11), numa era dominada por jogos tridimensionais, assim como mantém um fervor por “Street Fighter”, também acredita que o Hach & Slash 3D ainda tem muita lenha para queimar. E a prova disso é “Devil May Cry 5”, game que chega em março, mas que teve uma versão de demonstração liberada para Xbox One.

Para quem não sabe, “Devil May Cry” foi o game que definiu esse estilo de jogo de pancadaria moderno. Isso em 2003. “God of War”, “Dante’s Inferno”, “Castlevania: Lords of Shadow” e muitos outros surgiram a partir dele.

Em “DMC5”, a história coloca os protagonistas Dante e Nero mais uma vez numa caçada a demônios que causam o caos pelo mundo. A versão de demonstração serve para dar diretrizes sobre a jogabilidade da produção.

Nela, o jogador assume o controle de Nero, o aprendiz de Dante. O jovem, que tem uma braço robótico abaixo do ombro direito, tem várias opções de próteses. Cada uma dá um tipo de ataque especial, como se fosse um Megaman com visual gótico.

No conteúdo disponibilizado é possível conferir que “Devil May Cry 5” promete ser um game de pancadaria intensa. Hordas de criaturas aparecem aos montes e exigem agilidade do jogador nos golpes simples, assim como nos combos. E o melhor: o game também contará com vilões gigantescos, como todo bom Hack & Slash, que se preze! Disponível para PC, PS4 e Xbox One.

Leia mais sobre games no GameCoin!