A edição 2019 da Electronic Entertainment Expo, que todo mundo conhece apenas por E3, ficará marcada pelo anúncio oficial do Project Scarlett, que chega ao mercado no fim de 2020 e também pelo “faniquito” da Sony, que abriu mão de participar da feira californiana. A japonesa alegou semanas atrás que “o mundo tinha evoluído e a E3, não”.

Com essa afirmação de frase de efeito, a japonesa, dona da divisão PlayStation, deixou o palco armado para a rival apresentar o tão esperado sucessor do Xbox One. Batizado de Project Scarlett, a marca de Bill Gates deu detalhes importantes de seu novo console. 

Para apresentar o console, Phill Spencer, chefão da divisão, revelou o poder de fogo da máquina, que terá armazenamento em disco sólido (SSD), memória RAM virtual, processador e placa de vídeo fornecidas pela AMD. Tudo isso se traduz num pacote que permitirá gráficos rodando a 120 quadros por segundo, além de conteúdos exibidos em resolução 8K.

O game que fará a estreia do novo Xbox será “Halo Infinite”. A escolha do título não poderia ser mais simbólica. A franquia de Master Chief foi o primeiro grande sucesso do Xbox (original), no início dos anos 2000. Agora o soldado espacial tem a missão de revelar as potencialidades do console.

Outros games
A E3 deste ano teve bons anúncios, sendo que muitos já eram esperados, alguns “requentados”, mas surpreendeu por resgatar franquias da geração 8 e 16 bits, como “Battletoads”. Os sapos mutantes retornam aos games depois de mais de 20 anos, num game de pancadaria e gráficos cartunescos. 

A Ubisoft aproveitou para trazer novos conteúdos para “Assassin’s Creed: Odyssey” como um modo “Discovery Tour: Grécia Antiga”. Trata-se de uma ferramenta educacional que permite viajar por diversos cenários gregos reais.

Outro conteúdo é o editor de fases, que permitirá que o jogador crie missões e compartilhe na comunidade do estúdio francês. Essa ferramenta também estará disponível em “Gears 5”, que chega ao mercado em setembro para PC e Xbox One.

A francesa ainda anunciou os games “Watch Dogs: Legion”, que estreia em março de 2020, assim como “Gods & Monsters”, com foco na mitologia grega. Para quem espera algo mais imediato, a Ubisoft também confirmou o teste de beta de “Ghost Recon Breakpoint” para o início de setembro, além do game para celular, “Tom Clancy’s Elite Squad”.

Streaming
Entre as tendências previstas para a próxima geração, a Microsoft aproveitou para anunciar que iniciará os testes do próprio serviço de streaming em outubro. De acordo com a apresentação, o serviço, que estará alocado na nuvem xCloud, será disponível<CW0> para o Xbox One. Exige apenas que o consumidor seja assinante do Microsoft Game Pass. Atualmente o serviço permite baixar uma série de games do catálogo. 

Bigodes
Não há dúvidas de que a Microsoft nadou de braçada na E3, mas nem por isso a Nintendo passou despercebida. Pelo contrário, a Big N trouxe anúncios de novos títulos para o simpático Switch, como “Super Mario Maker 2”, “Luigi’s Mansion 3”, assim como “Pokémon Sword & Shield” e “The Legend of Zelda: Link’s Awakening”.

Já a Square Enix, enquanto não finaliza o remake de “Final Fantasy VII” (que estreia em março), aposta fichas em “Marvel’s Avengers: A-Day”, game que coloca Capitão América e sua patota numa aventura pós-apocalíptica, numa tomada pelo terrorismo. Quem espera ver as vozes ou feições do atores que deram vida aos personagens no cinema, irá se decepcionar, pois não há nenhum rosto familiar. 

Keanu Reeves
Mais uma vez “Cyberpunk 2077” chamou atenção na E3. O game que já tinha feito barulho em 2018 foi uma das sensações da feira ao inserir o ator Keanu Reeves na jogada. Ele mesmo participou da coletiva da CD Projekt Red. O game agora tem data de lançamento e chega em abril do ano que vem.

Outro game que só chega depois de março de 2020 é “Dying Light 2”. No game, a epidemia que assolou a cidade Harran se espalhou e dizimou a civilização, formando um Mad Max zumbi. No entanto, a jogabilidade aposta na visão em primeira pessoa, combates intensos e acrobacias de parkour.

Mas quem busca um game novo para este ano poderá se esbaldar com “Doom Eternal”, que chega em novembro. Frenético, a missão de Doom Guy será detonar demônios que invadiram a Terra.