Arquitetura torneiras

TOQUE DE COR
Verde, amarelo, azul, dourado e até rosé são algumas das possibilidades de cor disponíveis no mercado. No projeto acima, a arquiteta Cíntia Rezende optou pelo vermelho na cozinha em preto e prata

Pensar na reforma da casa, sobretudo quando o assunto é banheiro e cozinha, inclui a escolha do revestimento, do piso, das louças sanitárias e, sim, da torneiras! Acessório indispensável, deve ser escolhido criteriosamente com base na relação custo-benefício, no design, e, principalmente, na funcionalidade. 

Arquiteta e designer de ambientes, Cíntia Rezende ensina a começar pela definição de ter ou não opção também para água quente. Na hora de comprar o acessório, fique de olho na palavra misturador (ou “mist”, como aparece nas etiquetas de venda). A peça, que pode ser única ou dupla (veja mais nas fotos no fim da matéria), é que dará o comando para o fornecimento das duas temperaturas. 

Pensar nas necessidades de quem irá usá-las também é fundamental, reforça a arquiteta. Crianças e idosos, por exemplo, podem fazer melhor uso de modelos com fechamento temporizado e automático. Pessoas com deficiência e que usam cadeira de rodas terão o acesso facilitado por opções com sensor, que dispensam acionamento manual.

“É importante ter em mente que a torneira é o ponto de partida de um projeto. É a partir dela que as demais peças serão selecionadas. Daí a importância de uma escolha bem feita e certeira”, detalha a profissional. 

Fator de escolha

Além da variedade estética – estilo e altura de bica, formato do acionador, bico móvel ou fixo, tipo de fixação, de metal e até cor –, os acessórios se diferenciam pelo preço, que transita entre R$ 100 e mais de R$ 5 mil – acredite! Duas boas dicas são optar por marcas já consolidadas no mercado e por uma faixa entre R$ 800 e R$ 1.500.

A relação altura do fluxo e centro do bojo (da pia) é outra equação importante a ser levada em conta. O motivo, explica Cíntia Rezende, é a falta de conforto que a matemática errada pode ocasionar ao usuário. “O ideal é que a torneira seja colocada o mais próximo possível do centro, principalmente na cozinha. Assim, a pessoa não precisa se debruçar sobre a pia e fica mais confortável”, detalha. 

Além disso:

A arquiteta Fernanda Andrade chama a atenção para a qualidade do produto comprado. Segundo ela, fundamental para garantir boa durabilidade, já que as torneiras ficarão em ambientes úmidos e, portanto, mais suscetíveis a problemas. A profissional também lembra que a escolha dos metais certos faz toda a diferença no design dos espaços. "As peças devem dialogar com o estilo do ambiente, mas, por exemplo, na cozinha, é importante que tenham bicas altas para facilitar a lavagem de alimentos, panelas e louças. Bicas móveis também são indicadas por serem maleáveis e se movimentarem garantindo maior alcance", reforça.

Ao levar em conta as pessoas que farão uso do espaço, a arquiteta chama a tenção para o tipo de acionamento do acessório. Modelos de monocomando (que só possuem um registro), de meia volta e alavanca são ideias para casas com pessoas idosas, por exemplo. Já as de acionamento automático podem garantir economia de água em locais usados por crianças, principalmente. 

Design de ambientes, Fabiana Visacro também chama a atenção para outras funcionalidades que vão além da estética. Altura da bica, estilo de fixação (bancada ou parede), ponto de escoamento são só alguns dos aspectos a serem considerados na hora da compra. "Se a torneira não tiver o comprimento adequado, por exemplo, a pessoa se sentirá desconfortável ao usar, ficando inclinada para frente", avisa, exemplificando uma situação. 

Para a cozinha, a dica da profissional é ficar de olho em modelos que aparentemente se apresentam como convencionais, mas que "escondem" um chuveirinho maleável dentro do bico. "Com ele, é possível jogar água em toda a bancada para fazer a limpeza do espaço", comenta. 

Leia mais:

Onda verde toca obras: projetos sustentáveis e com menor impacto ambiental ganham espaço

Encaixe perfeito: escolha do sofá deve levar em conta tamanho, proporções e finalidade

Cimento queimado vai bem com tudo: de paredes e bancadas a pisos

Conheça as particularidades de alguns modelos de torneiras:

Decoração torneiras
GOURMET
Queridinha do momento, tem multi-funcionalidade com a torneira clássica, fixa, e ducha flexível, com haste de mola, que confere mais mobilidade na cozinha. Fluxo de água também pode ser controlado por alavanca acoplada ao bico. Preços são bastante variáveis, podendo 

Decoração torneiras

TANQUE E MÁQUINA DE LAVAR
Para facilitar a vida na área de serviço e evitar aquele troca-troca entre mangueira da máquina e o uso do tanque, o melhor é escolher um modelo com saída dupla ou até tripla. Dá para manter a máquina de lavar conectada o tempo todo e continuar as demais atividades normalmente. Se a distância entre a torneira e o centro da pia ficar curta, use um prolongador, ensina Cíntia Rezende

Decoração torneiras

FECHAMENTO AUTOMÁTICO
Quer evitar desperdício? Opte por modelos com acionamento por alavanca e fechamento automático, temporizado. A quantidade de água fornecida é ideal para um uso apenas, evitando mais tempo aberta do que o necessário

Decoração torneiras

COM FILTRO
Modelo prático tem filtro acoplado; perfeito para cozinhas funcionais. Dica interessante da arquiteta Cíntia Rezende é observar se o estilo escolhido tem bico móvel, que pode ser direcionado para os quatro cantos

Decoração torneiras

TEMPORIZADOR
Modelo com sensor e temporizador ajuda a economizar até 70% de água. Design é clean, moderno e ainda facilita a vida, por exemplo, de idosos e crianças, que se lembram de abrir a torneira, mas podem esquecer de fechar

Decoração torneiras

BICA BAIXA E BICA ALTA
Quer evitar problema na hora de lavar a louça? Atenção à altura da bica! Para a cozinha, a mais indicada é a alta (à direita). Já no banheiro, dá para escolher a baixa. Dica da arquiteta: opte por modelos com arejador, aquela peça com furinhos. Além de economizar, direciona melhor o fluxo de água

Decoração torneiras

QUENTE E FRIO
Usadas principalmente em banheiros, torneiras com misturadores (guarde esse nome!) fornecem água quente e fria. À esquerda, padrão com duplo comando – ideal para casas com crianças –, à direita, com monocomando e botão azul e vermelho, para indicar o lado de cada temperatura

As fotos das torneiras foram feitas na Bel Lar Exclusive, no bairro Santa Lúcia, região Sul de Belo Horizonte