Nora Helmer é a protagonista de uma peça que causou polêmica na época em que foi encenada, no final do século XIX, ao questionar as convenções sociais e o casamento como uma instituição. Escrita pelo norueguês Henrik Ibsen, “Casa de Bonecas” é um trabalho muito atual, o que explica a intenção do dramaturgo americano Lucas Hnath em fazer uma continuação, remontada no Brasil por Regina Galdino. A versão brasileira é cartaz deste sábado e domingo no Cine Theatro Brasil Vallourec.

Com elenco encabeçado por Marília Gabriela, “Casa de Bonecas – Parte 2” exibe um final alternativo para o clássico, ao narrar o retorno de Nora à casa de sua família, quinze anos depois de tê-la abandonado, deixando para trás o marido e filhos. 

Escritora de sucesso, ela precisa oficializar o divórcio com o marido. Popular por defender causas feministas, Nora enfrenta a recriminação da criada, da filha mais nova e do esposo por tê-los abandonado e por ter tido a ousadia de escolher o que fazer de sua vida. 

Diante da cobrança sobre suas responsabilidades de esposa, ela argumenta que o casamento funciona como uma prisão para as mulheres e que o amor deveria ser livre. Mais uma vez, Nora terá que decidir entre ficar à mercê de mentiras, regras sociais equivocadas e da visão retrógrada de seus entes queridos ou assumir sua identidade e lutar por um mundo diferente.

“Seguimos a pista do autor, que propõe uma sala vazia como ambiente único, e radicalizamos com um cenário não realista, símbolo do que se tornou a vida de Torvald (interpretado por Luciano Chirolli) depois que Nora o abandonou, deixando-o com três crianças para criar, em pleno século XIX. A encenação, simples, aposta na força do texto. Esperamos que os espectadores vejam a transformação das personagens acontecer diante de seus olhos, sem truques, em um teatro essencialmente alicerçado na interpretação dos atores”, salienta Regina Galdino. 

SERVIÇO: 

“Casa de Bonecas – Parte 2

Sábado, às 21h, e domingo, às 19h

Cine Theatro Brasil Vallourec (Avenida Amazonas, 315)

Ingressos: R$ 60 (R$ 30, a meia)