Muita gente torce o nariz e argumenta que fruta não é sobremesa – que o digam os chocólatras –, mas preparado da maneira certa, com as melhores combinações e receitas, o ingrediente pode, sim, ser transformado em um doce de respeito. 

Cozinheira bambam-bã, à frente do site Panelinha, escritora e apresentadora de programa de culinária na TV, Rita Lobo é adepta de tê-las sempre à mão. Para ela, três pontos devem ser considerados ao utilizá-las em pratos doces: método de cozimento, tempero e acompanhamentos. 

Segredo para o sucesso das receitas é equilibrar texturas e sabores, priorizando o ingrediente da época – mais fresco e com maior concentração de açúcar. Base cítrica combina com acompanhamento mais doce, ensinam chefs

Grelhadas ou assadas ganham textura e sabor diferentes, por exemplo. Temperos, como ervas frescas e especiarias, além de licores e até de cachaça, também dão toque especial às receitas, afirma Rita Lobo. Para acompanhar, a chef indica creme batido, sorvete ou até mesmo iogurte. “Abacaxi com raspas de limão, pera com pimenta, manga com gengibre”, ensina, enumerando combinações clássicas.

Variados

A chef confeiteira Mariana Correa também não abre mão de frutas nas receitas da La Parisserie, em Belo Horizonte. Na cozinha dela, o ingrediente vira recheio, bolo, creme, ganache, massa e até caramelo. 

“As combinações são infinitas e surpreendentes. O mais importante é ter cuidado com a sazonalidade do produto. Frutas da época fazem a diferença, pois são mais doces, demandando menor ou nenhuma adição de açúcar”, explica. 

Quem quiser seguir a linha das profissionais e transformar o que já tem em casa em um belo doce para servir às visitas pode apostar em combinações clássicas. “Maçã e caramelo, laranja e chocolate ou mesmo banana e especiarias”, indica Mariana Correa.

Atenção extra vale também à aparência do produto usado: quanto mais fresco, menos “machucado”, melhor, reforça a chef pâtissier.

ESPETACULAR DOCERIA SOBREMESA FRUTA

Delícias da Espetacular Doceria

Casamentos

Especialista em confeitaria francesa, Elisa Dayrell também é fã do ingrediente. Para ela, casamentos perfeitos são frutas ácidas, como as vermelhas, e o limão, com cremes como o de baunilha. “O segredo é ir contrabalanceando com texturas e sabores que se complementam”, ensina. 

Na loja dela, a Espetacular Doceria, no bairro Funcionários, Zona Sul de BH, pelo menos 14 das 20 sobremesas servidas contêm frutas. “Às vezes, uso chocolate para agradar o paladar do brasileiro”, brinca. 

RECEITAS:

Abacaxi grelhado com licor

ABACAXI GRELHADO SOBREMESA FRUTA

– Ingredientes:
3 colheres de sopa de licor de laranja
Açúcar para polvilhar
3 colheres de sopa de manteiga
Raspas de limão a gosto
Folhas de hortelã a gosto
Sorbet de limão para servir

– Modo de preparo: 
Descasque o abacaxi e corte em rodelas de 2 cm de espessura. Coloque em uma travessa e regue com o licor. Deixe descansar por 5 minutos. Leve uma frigideira antiaderente ao fogo médio. Polvilhe um pouco de açúcar nos dois lados de cada rodela de abacaxi. Coloque 1 colher de manteiga na frigideira e, quando derreter, doure as fatias por 4 minutos (cada lado). Na frigideira, coloque o licor que ficou na travessa e junte mais ½ xícara (chá) de água. Deixe ferver e junte a colher de manteiga restante. Desligue o fogo e regue as fatias a caldinha feita. Sirva com uma bola de sorbet de limão (ou outro sabor). Polvilhe com as raspas de limão e decore com folhas de hortelã.

Sorvete de banana

SORVETE DE BANANA SOBREMESA FRUTA

– Ingredientes:
8 bananas-prata maduras

– Modo de preparo: 
Descasque e corte as bananas em pedaços médios. Transfira para uma assadeira e leve ao congelador – evite amontoar os pedaços, assim eles ficam soltos depois de congelados. Deixe por pelo menos 4 horas até congelar (se preferir, congele na noite anterior ao preparo). Retire a banana do congelador e deixe em temperatura ambiente por 10 minutos antes de bater – assim elas não quebram no processador e o sorvete atinge o ponto mais rapidamente. Coloque os pedaços de banana congelados no processador e comece a bater no modo pulsar para triturar os pedaços da fruta. Continue batendo em velocidade alta até ficar bem cremoso, com consistência de sorvete (cerca de 5 minutos). Sirva com nibs de cacau ou lâminas de amêndoa.

*Receitas do site panelinha.com.br

Leia mais:

Clássico reinventado: tradicional docinho de festa, brigadeiro ganha versões inusitadas

Da casca ao caroço: chefs não desperdiçam nada e dão dicas para reproduzir em casa

Doce banquete: jantar elaborado por chef de Belo Horizonte tem sobremesas do início ao fim