Quem nunca acordou com os cabelos arrepiados ou viu os fiozinhos levantarem ao longo do dia que atire a primeira pedra! O chamado frizz incomoda muita gente e é bem comum ao acordar. O motivo é a fricção da cabeça no travesseiro durante a noite.

Além disso, outros fatores contribuem para um cabelo mais elétrico, como pentes e escovas feitos de plástico. Mas, tem jeito pra tudo!

Confira, abaixo e no carrossel de imagens, 4 passos para reduzir o frizz nos seus cabelos. Quem dá as dicas é o hairstylist Pietro Trindade, parceiro da marca de produtos para cabelo e cosméticos Ricca.

Fronha de cetim

As fronhas fabricadas com tecidos de algodão ou a base de algodão absorvem a umidade dos cabelos, promovendo ressecamento e, consequentemente, o frizz. As de cetim não sugam a oleosidade natural dos fios já que possuem superfície deslizante, o que reduz o atrito.

Pente de madeira

O material não agride o couro cabeludo e neutraliza a estática que gera o frizz. Para as mulheres de cabelos cacheados, o ideal são os de dentes largos e a dica é pentear debaixo para cima. Para os fios lisos, duas escovações: uma com pente de cerdas largas e outra com um de cerdas finas.

Spray antifrizz

Esse tipo de produto provoca a selagem da cutícula e a reparação das pontas duplas. Para a aplicação, que é muito prática e rápida, a recomendação profissional é borrifar sobre todo o comprimento dos fios a uma distância de 15cm e penteá-los como de costume.

Cuidados extras

Não durma com os cabelos molhados e, caso seja necessário usar o secador antes de dormir, opte pelo jato de ar frio para ajudar a controlar o frizz. Sempre penteie as mechas antes de dormir.