Games apocalípticos nunca saem de moda, ainda que a narrativa seja praticamente a mesma. “Back 4 Blood” mergulha nessa poça de sangue coagulado, espalhando tiros e vísceras pela tela. Com lançamento programado para 12 de outubro, o game terá versões para PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X/S.

Mas, antes de chegar ao mercado, a Warner Bros e a Turtle Rock Studios realizaram teste beta para verificar o game, servidores, cross play e demais fatores. O resultado foi mais que positivo. O game rodou liso, estável, com raros bugs. Entre os dias 5 e 9 de agosto, o teste teve mais de 100 mil jogadores simultâneos. 

O game on-line cooperativo promete ser uma grata surpresa para este ano. A começar que, pelo teste, foi possível disputar partidas com jogadores de diferentes plataformas e, aparentemente, sem atrasos ou descompassos entre consoles e computadores.

O jogo

A história se passa no período atual, em que um parasita gera um holocausto zumbi. Como todo game do fim do mundo, o jogador é um dos caras que precisam limpar o planeta. O jogador faz parte de um time chamado de varredores.

O game oferece oito personagens: Holly, Hoffman, Evangelo, Karlee, Doc, Jim e Mom (Mamãe). O jogador pode escolher qualquer um ou deixar que o computador faça a seleção. No entanto, a aparência física é apenas cosmética, pois o que conta é como o jogador evolui seu perfil e seleciona cartas de vantagem para entrar na partida.

Essas cartas podem ser combinadas a cada campanha. Elas podem dar velocidade de recarga, mais energia, melhor pontaria e outros atributos. 

Como nos demais games on-line, quanto mais se joga, mais o jogador consegue adquirir equipamentos que tornam sua vida mais fácil. E, mesmo que seja um game cooperativo, há uma disputa entre os participantes por melhor desempenho. No final da partida, quem trabalhou melhor terá recompensa mais farta.

Gráficos 

“Back 4 Blood” é um game grotesco como qualquer título zumbi. Os cenários escuros e decadentes amplificam o tom apocalíptico da produção. 

Durante a campanha, os jogadores ficam banhados em sangue, pois estourar um zumbi com uma escopeta à queima-roupa é sinal de roupa suja. Mas trata-se de um capricho que mostra como os produtores buscam intensificar a imersão do jogador. 

Armas

O game oferece uma arsenal amplo e que permite melhorias, assim como compras promocionais, usando créditos obtidos no game. Nem é preciso dizer que fatalmente os créditos serão oferecidos nas lojas on-line de cada plataforma.

Assim, o jogador conta com pistolas, fuzis, escopetas, submetralhadoras, tacos e metralhadoras pesadas, bem como melhorias para elas com diferentes tipos de miras, munições e peças, como coronhas.

Palavra final

A versão beta de “Back 4 Blood” revela não apenas um bom game, mas também toda a estrutura em volta da produção. Um jogo estável e totalmente funcional. Além disso, por ser cooperativo, o jogador não fica naquela agonia dos FPS on-line, em que se passa a maior parte do tempo morrendo do que propriamente jogando. Ou seja, você vai do início ao fim e conta com o suporte de estranhos que se tornam seus melhores amigos.