O mercado de notebooks há muito vem se ramificando de acordo com diferentes necessidades do consumidor. Há modelos de entrada, para o batidão do Home Office, assim como há opções de alto desempenho para designers e gamers que não têm espaço para supercomputador em casa. E há também os modelos ultrafinos, que, além de leves, funcionam como um cartão de visitas.

A Lenovo acaba de lançar os modelos Yoga 9i e Yoga Slim 9i, que chegam como opções para quem busca desempenho, mas exige que ele caiba numa leve e sofisticada pasta. A cereja do bolo é a versão Slim, com seu chassi diminuto, mas com tela de 14 polegadas e hardware de alta performance.

Com preço sugerido de R$ 16.499, esse ultrabook conta com processador Interl Core i7 de 11ª geração, 16GB de memória RAM, armazenamento PCIe NVMe M.2 de 512GB e placa de vídeo Intel® Iris Xe. Segundo a Lenovo, a bateria suporta até 17 horas de uso (dependendo da exigência das aplicações).

Além de componentes de ponta, o aparelho ainda conta com tampo revestido em couro e suporte para até três monitores simultâneos. Tudo isso pesando apenas 1,2 kg e menos de 1,4 cm de espessura.

Num degrau abaixo, o Yoga 9i se apresenta por R$ 15.499. Seu hardware conta com o mesmo diâmetro de tela, processador, unidade de memória e placa gráfica. No entanto, são apenas 8GB de RAM. Por outro lado, a versão conta com tela capaz de girar 360 graus, que faz com que ele funcione com um tablet.

Por R$ 1

Se o amigo achou os computadores caros (e são), a Lenovo adoça o cliente com o mouse Lenovo Yoga, que também funciona como um marcador laser para apresentações. O acessório tem formato que permite as duas funções. 

Ou seja, a linha Yoga surge como aquele equipamento para executivos, que precisam levar suas apresentações debaixo do braço, mas não querem pendurar uma mochila de alpinista nas costas com um trambolho de pesa mais que um saco de arroz.

Assim, a dupla se apresenta como aquele aparelho sofisticado, fininho e elegante, mesmo que ainda lhe falte uma maçã reluzente que faz os olhos brilharem, como a chave de um Porsche.