Muita gente sonha em enriquecer. Em tempos de crise[ mais ainda, o que costuma aumentar o número de apostas na loteria. Mas criar uma realidade financeira abundante não depende de sorte. É preciso, antes de tudo, virar a chave da consciência, das crenças que se tem sobre riqueza. A ideia é mudar o padrão vibracional para começar a atrair o dinheiro. 

A maioria de nós temos pontos de vista muito calcados na escassez. É como se estivéssemos sempre focados na falta e não nas possibilidades. Consciência da riqueza é mais do que criar, do que ter dinheiro. É tratar-se com carinho e respeito e vibrar positivamente, transformando-se num ímã que atrai dinheiro do universo”, explica a facilitadora certificada de Access Consciousness e coach Déborah Azevedo. 

“Desadestradora de pessoas e parteira do saber”, como se denomina, a carioca é palestrante internacional, facilita cursos Brasil afora e usa as redes sociais para compartilhar ferramentas de apoio para quem busca mudar de vida. No próximo fim de semana, dará um curso (leia mais no Ponto a Ponto) em São Paulo, onde apontará caminhos para limpar padrões e crenças limitantes que bloqueiam, segundo ela, a prosperidade em diversas áreas.

"Quando se tem consciência de riqueza, cria-se dinheiro do ponto de vista energético. E o universo nos reverencia com cuidado e atenção. As coisas vão chegando”, garante. 

Consciência da riqueza dinheiro prosperidade

"Unir-se a pessoa que têm pensamento de escassez potencializa crenças limitantes, exatamente aquilo de que deseja ficar livre. Nossa realidade é criada por nossos pontos de vista" - Déborah Azevedo, facilitadora certificada de Access Consciousness, coach e palestrante internacional

Novo mindset

Fundador e presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), José Roberto Marques também defende uma mudança de mentalidade para que seja criada a riqueza que se deseja ter. Master coach sênior e trainer, diz que apenas com uma mudança de mindset (mentalidade) é possível deixar de lado crenças que nos paralisam e nos impedem de perceber o universo de enxergar possibilidades, de pensar e agir como se já fôssemos ricos. 

“Grandes conquistas têm origem em um pensamento, uma ideia, uma perspectiva, um ponto de vista, mas sempre serão geradas por atitudes. O que passa pela sua mente tem muito poder, mas o que manifesta poder é a ação”, explica, lembrando que o tempo do sonho não deve ser distante demais do tempo da ação. “Quanto mais você demora a agir, mais o sonho se torna devaneio distante e complexo de se realizar”. 

Ainda segundo o presidente do IBC, prosperidade tem relação direta com os conceitos de abundância e riqueza, já que todos têm o crescimento financeiro como produto final. “Vai além de ter dinheiro na carteira para fazer o que quiser”, acrescenta. 

Consciência da riqueza dinheiro prosperidade

"Vitimizar-se ou reproduzir pensamentos não nos ajuda a melhorar nossa relação com o dinheiro, só nos afasta cada vez mais dele. Prosperidade financeira é prosperidade em todas as áreas da vida" - José Roberto Marques, master coach sênior e trainer, fundador e presidente do IBC

Coach e facilitador certificado de Access Consciousness, Robson Sereno é outro que aborda o tema do ponto de vista energético, mostrando que ser rico é “mais do que ter um bom saldo bancário”. Para ele, é preciso mudar os pontos de vista sobre dinheiro para, então, abrir espaço para uma realidade mais promissora. 

“Muitos de nós vivemos para concluir um curso universitário, fazer um concurso e ganhar algo razoável para nos mantermos até a morte. Como seria nos jogarmos e permitirmos entrar num outro patamar? O que mais é possível que eu não percebi sobre dinheiro, que se eu percebesse faria total diferença? Como seria se eu fizesse a escolha? Talvez o grande empecilho seja a limitação. Precisamos perceber que escolhas são efêmeras”, defende.

Consciência da riqueza dinheiro prosperidade

"Sair do lugar onde estamos e entrar num outro patamar exige rever conceitos que escutamos a vida inteira. Ficar nos julgando o tempo todo, justificando, é desculpa. Todos temos capacidades, habilidades, dons e talentos" - Robson Sereno, coach e facilitador certificados de Access Consciousness

Confira:

José Roberto Marques:

Déborah Azevedo: 

Robson Sereno:

Leia mais:

'Autossabotagem é um vício emocional inerente ao ser humano'; veja entrevista com Paulo Vieira

Dinheiro bem casado: finanças discutidas e gerenciadas sem estresse nem segredo evitam problemas

O 'match' energético: terapias integrativas abrem caminho para facilitar a vida amorosa

Ponto a ponto:

Confira cursos e treinamentos que abordam o assunto:

Déborah Azevedo
Consciência da Riqueza:
 imersão que tem como propósito eliminar pontos de vista e crenças que criam limitação e escassez. Foi criado com o propósito de alavancar a vida financeira das pessoas e contribuir para que elas prosperem.
Local: Palácio Tangará, em São Paulo
Quando: 28 e 29 de setembro
Inscrições: bit.ly/2ko61e4

José Roberto Marques
Desperte seu Poder Interior: imersão de três dias em que serão abordadas técnicas de domínio de emoções voltadas para criação de uma nova realidade com prosperidade e abundância.
Local: Belo Horizonte
Quando:13 a 15 de dezembro
Inscrições: ibccoaching.com.br

Robson Sereno
Workshop do Abuso Financeiro: o curso vai abordar a forma como cada pessoa se relaciona com o dinheiro, ajudando a destruir barreiras que impedem de ter uma vida plena, abundante e feliz.
Local: Rio de Janeiro
Quando:26 de setembro
Inscrições: bit.ly/2mpamyn

Erico Rocha
Masterclass Day em BH: 
autor do treinamento Fórmula de Lançamento, o especialista em marketing digital vai ajudar os participantes a alavancarem as vendas pela internet ou criarem um negócio digital do zero.
Local: Expominas - Belo Horizonte
Quando: 12 e 13 de outubro
Inscrições: masterclassday.com.br/bh

Coach e facilitador certificado de Access Consciousness, Robson Sereno é outro que aborda o tema do ponto de vista energético, mostrando que ser rico é “mais do que ter um bom saldo bancário”. Para ele, é preciso mudar os pontos de vista sobre dinheiro para, então, abrir espaço para uma realidade mais promissora. 

“Muitos de nós vivemos para concluir um curso universitário, fazer um concurso e ganhar algo razoável para nos mantermos até a morte. Como seria nos jogarmos e permitirmos entrar num outro patamar? O que mais é possível que eu não percebi sobre dinheiro, que se eu percebesse faria total diferença? Como seria se eu fizesse a escolha? Talvez o grande empecilho seja a limitação. Precisamos perceber que escolhas são efêmeras”, defende.