Versatilidade é palavra-chave na hora de escolher aquele vestido para um casamento ou evento formal no inverno. Convites que fazem qualquer mulher arrepiar o cabelo. Das duas, uma: ou pelo receio de fugir do dress code e se sentir um peixe fora d’água ou pelo medo do frio.

Sorte nossa que o clima tropical brasileiro faz com que as temperaturas desta estação sejam mais baixas, mas nem tanto. Assim, investir em modelos de festa exclusivos para o período pode não ser a melhor das opções. E as marcas especializadas estão antenadas nessa realidade.

Há décadas no mercado de moda festa mineiro, que é referência no Brasil e no mundo neste tipo de confecção, as grifes Arte Sacra e Kalandra são unânimes em dizer que criam muitas opções de vestidos que podem ser usados tanto no verão quanto no inverno.

“Noventa por cento da coleção de inverno são peças de manga curta ou sem mangas. Colocamos alguns de manga comprida porque sempre tem alguém que procura, mas não é o carro-chefe de vendas”, conta a diretora-comercial da Kalandra, Ana Flávia Castro.

Vestido festa

Modelo da Skazi, de parar o quarteirão, é repleto de paetês e cumpri o papel de aquecer o corpo. Alternativa mais quentinha é usar a peça com meia-calça preta e scarpin

Já as gêmeas e diretoras-criativas da Arte Sacra, Carolina e Marcela Malloy, são apaixonadas pelas criações de mangas longas para a estação fria, mesmo sabendo da importância dos modelos versáteis.

"Achamos esses vestidos super elegantes para qualquer idade ou festividade. Têm o seu lugar nos eventos de inverno. Mas temos, em nossas coleções, capas e casacos em corte laser que ficam lindos em longos e mídis. Versatilidade é a palavra mor por aqui”, detalha Marcela.

Por cima das peças menos tampadas, sugerem complementos como pelerines, bolerinhos de pele, estolas e echarpes. Adendos que, muitas vezes, são deixados de lado logo que o corpo fica mais aquecido com a primeira ida à pista de dança.

Vestido festa

Da coleção atual da Arte Sacra, longo é inteiro bordado e, mesmo com os recortes laterais e nas costas, é perfeito para o frio

Leia mais:

Casacos com textura fofinha dividem a atenção com as golas altas neste inverno

Parte fundamental da make, a base deve ser adequada ao objetivo da mulher

Aromas de inverno: fragrâncias quentes e aconchegantes combinam com a estação

Vestido festa

A união de mangas 3/4 e bordados ao longo do vestido faz da peça disponível na Fits U uma opção mais quentinha para eventos formais nesta época do ano e casa bem com complementos em pele

Criações

Prova de que o inverno pouco rigoroso altera muito superficialmente as escolhas para eventos neste tempo é que os tecidos utilizados pelas marcas são essencialmente os mesmos do verão. A exceção apontada é o veludo, matéria-prima aplicada em peças selecionadas.

No entanto, para o Inverno 2020, que será lançado em outubro deste ano, a Arte Sacra prevê o tecido em maior volume. “Achamos chiquérrimo e o veludo é específico de inverno. Com manga ou sem manga, é quente. Estamos super apostando para o ano que vem”, revela Marcela Malloy.

Na Kalandra, crepe, zibelines e os tecidos fluidos estão presentes nas duas estações.

Vestido festa

Modelo da última coleção da Alphorria brinca com a assimetria em mangas e no comprimento

Vestido festa

Estola de pelos é opção para aquecer o corpo em festas formais

Aluguel

Todas as propostas para montar trajes formais no inverno, que sejam ou não voltados para a estação, passeiam também pela locação de vestidos, aponta Vanessa Galizzi, proprietária da Fits U, loja de aluguel de vestidos no bairro de Lourdes, região Centro-Sul de BH.

Para ela, independentemente do clima, locar uma peça é sempre ótima opção, mas, se for para investir em um modelo, que este seja sem mangas ou com mangas curtas. “Você escolhe o vestido dos seus sonhos e joga por cima uma echarpe ou um casaquinho de pele. É super importante pensar na versatilidade quando for comprar”, ensina.

Vestido festa

Vestido com decote um ombro só e manga bufante em paetê, além de fenda e amarração, da mineira Skazi, reúne elementos suficientes para conquistar as entusiastas das últimas trends. Dá pra usar quase o ano todo

Vestido festa

Modelo da coleção de inverno da Kalandra já vem pronto para uso também no verão. Peça sem mangas ganha charme com a sobreposição da pelerine

A empresária lembra que nem sempre será possível ficar imune ao frio. “Em locais mais frios da região metropolitana, como o bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, nem mesmo a manga comprida irá resolver, já que geralmente os vestidos são em tecidos fininhos. Especialmente os bordados, que são feitos sobre tule”.

Tudo vai depender do local da festa. “Pesquisar se o local do evento é aberto, se faz frio ou não, é essencial antes de escolher a peça”, dá a dica Vanessa Galizzi.

Vestido festa

A opção mídi com mescla de tecido fluido e paetês da Arte Sacra pode se tornar mais “quentinha” com uma estola de pele, por exemplo