Se antes a Barbie era o estereótipo da mulher de medidas proporcionais como as misses, e podia se relacionar somente com Ken ou Bob, hoje ela tem amigos que abraçam a diversidade, é independente, e escolhe sair com quem quiser. Prova de que a boneca evoluiu (e muito) ao longo de seus 60 anos, comemorados em 2019.O que não mudou durante o tempo foi o fato de ela ser referência fashion, além de ícone pop.

“Nosso compromisso com a diversidade e a inclusão é um componente essencial do processo de design e estamos orgulhosos por saber que as crianças de hoje conhecerão uma imagem diferente da marca”, conta Kim Culmore, vice-presidente de Design da Barbie, na Mattel, fabricante do brinquedo.

No entanto, mesmo sendo desenvolvida para meninas, no Instagram, a Barbie é uma influenciadora daquelas de não se botar defeito. Parceira de marcas como Moschino e Alberta Ferretti, ela frequenta semanas de moda em Milão, Paris e Nova York, sendo convidada das Vogue e Forbes, e de outras empresas mundialmente relevantes.

Barbie

Montagem de looks para um passeio no verão californiano

Desafio

Com mais de 2 milhões de seguidores, o perfil @barbiestyle apresenta o dia a dia da boneca mais famosa do planeta e, claro, looks de arrasar produzidos com as últimas informações de moda. Um dos maiores desafios em vesti-la é adequar as peças, revela Robert Best, designer da Barbie.

“Não temos técnicas que reduzam o tamanho das linhas, então muitos tecidos que são ótimos para a vida real, quando você os coloca numa escala menor, eles não ficam legais, o caimento é ruim. Então, achar tecidos que funcionem numa escala Barbie é um grande desafio”.

Barbie

"Personalidades diferentes, estilos diferentes", postou Barbie no feed

Leia mais:

Tem até ombreira! Referências das décadas passadas lotam passarelas pelo mundo

Bota cor nessa make! Saia da 'caixinha' e experimente os tons do arco-íris

Influência

Os contextos em que a Barbie aparece são voltados para mulheres que estão na idade universitária ou mesmo já no mercado de trabalho. Uma forma de a Mattel abarcar uma parcela de público que já brincou de Barbie e pode se inspirar na saudosa boneca.

“Ela possui um estilo moderno elegante, com um toque criativo. Porém não se prende a eles pois quer ser referência para várias pessoas. A Barbie fala de uma moda atual, combinações, cores, etc. Ela reflete o que acontece no mundo”, analisa a consultora de imagem Tatiana Abrantes.

Robert Best endossa a observação da especialista: “Barbie é uma marca para todos e nosso objetivo é ser cada vez mais inclusivos e representar múltiplas culturas e pessoas”.