As influenciadoras mineiras Thássia Naves (E) e Deborah Zandonna (D)

As influenciadoras mineiras Thássia Naves (E) e Deborah Zandonna (D) combinaram a peça com blusões de frio

Seja ela lápis, godê, plissada ou com pregas, a saia midi definitivamente conquistou as fashionistas da atualidade. E não é para menos, o comprimento se adequa bem ao look para o trabalho, às produções para baladas e happy hours, além, claro, às festas mais formais. Os vestidos nessa altura também são opção.

Longe de ser uma novidade na moda – o modelo surgiu com Coco Chanel na década de 1920, retornando como ícone da feminilidade no pós Segunda Guerra Mundial –, a peça está em alta, recebendo repaginações das principais marcas do mundo fashion.

Verdadeira coringa no guarda-roupa, a saia midi pode estar conjugada com aquela T-shirt basiquinha ou com uma camisa bem trabalhada e chique. Quem dá a dica é a consultora de imagem e docente da Escola de Moda Denise Aguiar, Aline Viana.

“Em combinações mais modernas, vai bem com uma T-shirt com nozinho e um tênis. Já nas mais refinadas, colocamos saias midi em poliuretano (ou couro fake) e camisa. O scarpin ou outro calçado de bico fino realçam ainda mais a produção. Já para as românticas, saia midi plissada em tons claros e blusinhas de alcinha com renda e, por exemplo, sapatilha de bico fino”, sugere a especialista, que é adepta da peça.

A advogada e criadora de conteúdo belo-horizontina Ana Letícia Mattos, a “Anita Bem Criada”

A advogada e criadora de conteúdo belo-horizontina Ana Letícia Mattos, a “Anita Bem Criada”, apresenta visual mais leve

Para a labuta

Nesse comprimento, as saias também são ótimas parceiras para o ambiente corporativo, sendo ele despojado ou formal. A preferência é por combiná-las com sapatos fechados, com ou sem salto.

Para a consultora de imagem e influenciadora digital Deborah Zandonna, deve-se evitar usar a peça com calçados que deixem os dedos dos pés à mostra, uma vez que passam uma mensagem de informalidade. “Principalmente para aquelas que atuam na área da saúde. Evitar, também, muitas estampas ou estampas grandes, porque deixam o look extravagante. Brilho entra nessa mesma medida. Mas, em ambientes superinformais, como as agências de publicidade, as possibilidades são várias”, observa.

Confira, ao fim da reportagem, galeria de fotos com sugestões de looks

Aos looks de trabalho mais despojados, Aline Viana lembra que se pode acrescentar à dupla saia e blusa uma terceira peça em tecido plano, como blazers, coletes e cardigans. “Para não ficar tão formal opte, ainda, por colocar as peças com cores com quebra na cintura. Se for uma combinação tom sobre tom, pode adicionar brincos mais modernos. Já usando cores contrastantes como amarelo e roxo, terá um look mais moderno”.

Leia mais:

Pesquisa do Google revela que moda é preferência de pais e filhos; confira sugestões

Use e abuse: color blocking é trend máxima para a Primavera-Verão 2020

Aliado da beleza: queridinho do nécessaire, óleo facial dá um ‘up’ na pele

Dica de ouro

Para as que se incomodam com os quilos extras ou a pouca estatura, uma má notícia: a saia midi pode provocar o achatamento da silhueta. No entanto, a consultora Deborah Zandonna ensina truques.

“Se a pessoa for baixinha, o ideal é usar com salto, de preferência os calçados que deixam o peito do pé à mostra. Assim dará a impressão de que a perna é mais longa. Quem tem o quadril mais largo que os ombros, o ideal é fugir do modelo em evasê (saia em formato de A) e também evitar pregas. Dê preferência aos mais retos e em tons escuros”.

Aline Viana resume: “Mostrar pescoço, canela e punho alonga a silhueta”.

Contraste entre tons de rosa cria um look mais moderno, como este compartilhado pela Amaro

Contraste entre tons de rosa cria um look mais moderno, como este compartilhado pela Amaro