Os primeiros televisores com resolução 4K chegaram ao mercado em 2013. Tinham preços iniciais cerca de 10 vezes o valor de um aparelho Full HD e podiam ultrapassar a casa dos R$ 100 mil, quanto maior fosse a tela. Hoje, ainda há aparelhos com valores nababescos, que também orbitam na faixa de seis dígitos. Mas há opções grandes e com valores mais acessíveis que as topo de linha. É o caso da AU7700 da Samsung.

Sem nomes bonitos como QLED, New QLED ou Crystal, essa TV se posiciona numa linha de acesso, com acabamento mais simples e com conteúdos mais enxutos. Mas nem por isso deve ser vista com desdém. 

Com tela de 70 polegadas, essa gigante tem preço sugerido de R$ 5.899 mil. Não é barato, mas para se ter uma ideia, uma The Frame (de 50 polegadas) custa o mesmo e oferece basicamente os mesmos recursos. 

O que muda é que o aparelho da linha LifeStyle foi pensado para compor a decoração, ao contrário desse colosso que atrai as atenções como um buraco negro sugando tudo ao seu redor. Para ter valores mais agressivos, ela abre mão de recheios refinados. 

Há apenas três portas HDMI e uma USB. Mas sejamos francos, é mais que suficiente. Ela também abre mão da função de exibições múltiplas. Que pessoalmente acho uma grande besteira. Ou você assiste ao jogo ou ao filme. Esse negócio de olho no peixe e outro no gato só funciona na feira.

Conectividade

Equipada com processador Crystal 4K, essa TV conta todos os recursos encontrados na The Frame, QLED e Crystal. Em termos de conectividade, ela oferece conexões LAN (cabo de rede), WiFi, Bluetooth e NFC. Ela também reconhece aparelhos conectados, como consoles de games e as caixinhas de TV por assinatura.

No ajuste de fábrica, a TV vem com vários serviços de streaming como Netflix, Globoplay, Amazon Prime, Apple TV, Spotify, assim como o próprio serviço da Samsung com uma variedade de canais. Ele ainda permite fazer download de outros aplicativos como Disney Plus e até mesmo o estreante Star Plus (que é o serviço da Fox). Ela ainda vem equipada com as assistentes Alexa e Bixby.

Áudio e vídeo

Quando se compra uma TV com uma tela monstruosa o que se espera é qualidade de imagem. A AU7700 entrega uma ótima experiência até mesmo em ambientes pequenos. Numa distância de dois metros da tela, já se consegue muito conforto visual. Na reprodução de conteúdos 4K é como se o telespectador estivesse diante de uma grande janela.

A qualidade de áudio é boa, mas não tão boa como nas topo de linha. Alguns conteúdos precisam de ajuste, pois o televisor não conta com woofer e nem efeito de movimento. Isso porque há menos caixas de som cravejadas na parte traseira. São apenas dois alto-falantes de 20 Watts RMS. O que não é ruim, mas não impressiona quem já esteve diante de uma QLED.

Games

Esse modelo não oferece os recursos mais modernos de equalização de taxa de frames, monitor de desempenho e nem modo de exibição 32:9. Mas nem por isso não é boa para games. Talvez não seja adequada para competidores de eSportes, mas para quem quer apenas jogar é simplesmente fascinante. 

Testamos games como a versão beta de “Call of Duty: Vanguard”, assim como títulos de corrida como “Project Cars 3” e “Gran Turismo Sport”. A imersão é impressionante, pois a tela preenche todo o campo de visão. Jogando “FIFA”, os jogadores ficam enormes. É muito bacana. 

Até mesmo games da velha guarda oferecem conforto visual. Testamos velharias como “Ghosts ‘n Goblins”, “Castlevania” e “Final Fight”. Todos games dos anos 1980. Claro que foi um teste feito no PS4, usando conexão HDMI. Mas mesmo sem o aplique de filtros, o equilíbrio das cores não incomoda a visão. Jogar “Street Fighter II” é um grande barato.

Decepcionante foi jogar “eFootball 2022”. Mas não pela performance da TV, mas pela qualidade bisonha do game da Konami. Deu para ver com clareza total a falta de capricho do sucessor de “PES”.

Palavra final

Para quem pretende comprar um televisor de tela grande não há opção mais acertada. Esse aparelho custa menos que as opções mais modernas, que encarecem pela melhor qualidade de áudio e materiais de acabamento. 

No entanto, em termos de recursos e conectividade, não deixa a desejar. Muito menos na qualidade de imagem. O amigo terá acesso a todos os streaming, uma tela gigantesca para assistir o time do coração e deixar o galã da novela tão bonitão como num aparelho mais caro. A dica para essa TV é fixar na parede para não ocupar todo o hack. Ela tem quase 1,3 m de largura e 1 metro de altura. É uma janela!