Foi uma guinada e tanto. Bastaram agulhadas no lugar exato para que o rosto marcado por procedimentos estéticos anteriores ficasse de vez no passado. Graças a uma técnica que vem se tornando conhecida com a ajuda de celebridades, a cantora Gretchen teve a aparência transformada literalmente da noite para o dia. Agora, colhe os louros por ter se tornado uma espécie de “garota-propaganda” da harmonização facial. 

O conjunto de intervenções, realizadas em sessão única de cerca de uma hora, permitiu à rainha do rebolado e dos memes trocar os lábios supervolumosos e saltados e o sorriso “fechado” por um “ar” mais leve e natural. Resultado: rosto novo, com contornos mais definidos.

“Não é que me incomodava. Estava acostumada, mas era um problema. Todo mundo falava que era a boca do curinga. Quando me olhei no espelho, a primeira reação foi querer que todos soubessem e tivessem a mesma oportunidade”, lembra, mencionando o trabalho do dentista mineiro Igor Alves, que atua em Belo Horizonte. 

Queridinho de outros famosos, o profissional foi o principal responsável pelas mudanças da cantora, prestes a completar 60 anos. Além dela, Sérgio Mallandro, o cantor Eduardo CostaNicole Bahls e Joelma (ex-Calypso) fizeram a recauchutagem. Outras celebridades que estiveram no consultório em BH preferiram manter o tratamento em segredo.

Demanda

Especialista em harmonização orofacial (variação de nome para o conjunto de intervenções), Igor, de 29 anos, tem na bagagem mais de 7 mil transformações feitas em dois anos de técnica. Para se ter ideia, em julho do ano passado a agenda para 2019 já estava fechada. 

Um passeio rápido pelo Instagram do profissional, que contabiliza mais de 400 mil seguidores, dá a dimensão do que os procedimentos à base de ácido hialurônico e botox são capazes. Em Gretchen, foram pelo menos oito pontos modificados, dentre eles osso da bochecha (arco zigomático), bigode chinês, queixo e a “falsa olheira”, parte profunda localizada abaixo dos olhos, nas pálpebras inferiores. 

Igor Alves explica que diferentemente do material utilizado pela artista duas décadas atrás – o polimetilmetacrilato (PMMA), que é sintético e não interage com o organismo –, o ácido hialurônico é biocompatível, ou seja, com o passar dos anos é reabsorvido pelo corpo, motivo que faz a harmonização ter prazo de validade. “Acabou de fazer, olhou no espelho e não gostou do resultado? Tem como tirar na hora. Já o metacril, só cirurgicamente”, acrescenta.

A jato

Rápida (dura de 40 minutos a uma hora) e quase indolor, em função da aplicação de anestesias locais e odontológicas, a harmonização facial pode ser feita em qualquer pessoa insatisfeita com um ou mais pontos do rosto e tem resultados imediatos. O objetivo é resgatar ou construir a harmonia do conjunto, modificando formato da face, aumentando volume dos lábios ou mesmo arqueando sobrancelhas. 

“A idade vai fazendo a gente se desarmonizar”, brinca Gretchen. E ela tem razão. Responsável pela mudança radical nas feições da cantora, o mineiro reforça que os procedimentos duram de seis meses a um ano, e quanto antes forem refeitos, melhores serão os novos resultados. 

“Peço aos pacientes que tratem como se fosse uma garrafa de água: começou a esvaziar, encha de novo. Quem não espera o efeito acabar não precisa usar a mesma quantidade de produto da primeira vez. Além de ficar mais barato, o rosto permanece sempre o mesmo”, esclarece Igor Alves. 

O profissional não adianta os preços da intervenções, que variam, segundo ele, conforme a quantidade de pontos modificados e de substância utilizada. 

Harmonização facial Gretchen antes e depois

ANTES E DEPOIS - Publicadas nas redes sociais, fotos da transformação da cantora contabilizaram mais de 200 mil curtidas e 45 mil comentários, incluindo interações na página dela e na do dentista, Igor Alves 

 

'Padrão' de beleza construído a partir de quatro pontos do rosto

Parâmetro criado pelo dentista Igor Alves com a irmã e o cunhado – que atendem na mesma clínica, em BH –, o padrão de beleza replicado nos pacientes foi baseado em estudos e em modelos reais a partir da observação de sobrancelhas, olhos, nariz e mandíbula. 

Quatro principais pontos do rosto recebem as duas substâncias capazes de transformar as feições por completo ou apenas refinar detalhes. No consultório, explica o dentista, não há “test drive” com simulação feita em computador, por exemplo. “Apenas converso e explico qual será a melhor área do rosto a ser feita. Então, partimos para os procedimentos com base na minha visão e nos desejos do paciente”, detalha. 

Embora a maioria absoluta dos pacientes atendidos pelo expert seja formada por mulheres, o interesse dos homens vem crescendo. “É só postar um caso no Instagram que a procura aumenta”, revela Igor Alves. Neles, as intervenções deixam o rosto ligeiramente mais marcado. “E não quadrado, como vemos por aí”, enfatiza.

CRO-MG

Presidente recém-empossado do Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais (CRO-MG), o cirurgião-dentista Alberto Magno da Rocha Silva esclarece que, além de médicos, dentistas podem realizar harmonizações faciais desde que se submetam a cursos na área, não necessariamente especializações. 

A permissão é validada por resolução publicada em janeiro deste ano pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). Dentre outros esclarecimentos referentes à técnica, o texto reconhece a harmonização orofacial como especialidade odontológica. 

“Não é uma bunda nem um peito enorme que deixa uma mulher bonita, muito menos  um nariz muito empinado. É preciso olhar para um rosto e ver a beleza do conjunto e não olhar e dizer ‘nossa, que boca linda ela tem’” - Igor Alves, dentista mineiro que atua com harmonização facial

"Mais importante que o ácido hialurônico ou que qualquer procedimento é com quem fazê-lo. Cada paciente é diferente do outro e um diagnóstico bem feito, realizado por um bom profissional, é fundamental. É preciso ter conhecimento de fisiologia, da anatomia da face, para saber até que ponto chegar”, alerta o presidente do CRO-MG. 

Alberto Magno diz, ainda, que as intervenções faciais servem mais do que como ferramenta embelezadora: ajudam a resgatar o amor próprio. 

“Existem pessoas que por um ‘defeitinho’ não têm vida social ou mesmo não saem de casa. A harmonização facial ajuda na reconstrução da autoestima”, enfatiza. 

Harmonização facial Igor Alves

EXPERT - Dentista em BH, Igor Alves atendeu, em 2 anos, mais de 7 mil pacientes só de harmonização facial; maior parte dos pacientes são mulheres - 70% -, mas procura masculina também vem crescendo

 

Veja algumas mudanças de pacientes atendidas pelo dentista Igor Alves, de BH:

Harmonização facial antes e depois pacientes Igor Alves

Harmonização facial antes e depois pacientes Igor Alves

Fotos do “antes” e do “depois” de pacientes de Igor Alves, publicadas na conta dele no Instagram, mostram mudanças radicais ou mais suaves de rostos adaptados ao “modelo” construído pelo profissional. Embora neles seja reproduzido um padrão, não há risco de que se crie uma legião de pessoas coma mesma aparência, garante. “Cada um tem sua própria beleza”, enfatiza o dentista, cuja clientela é 70% feminina

Leia mais:

Para ficar bem na foto: selfie 'perfeita' eleva demanda por procedimentos estéticos

Roupa para se amar: lingeries aumentam vínculo com corpo e fortalecem autoestima

Sem medo do #desafio: brincadeira do Instagram traz reflexões sobre última década