O T-800 nunca foi o mais simpáticos dos robôs. Mas o serial killer cibernético de “O Exterminador do Futuro”, imortalizado por Arnold Schwarzenegger, consegue ser tão carismático quanto R2D2, BB8, C3PO e a inesquecível Rose de “Os Jetsons”. E mesmo resolvendo tudo na base da brutalidade, o vilão cunhou frases inspiradoras como: “Hasta la vista, baby!” e a ameaçadora “I’ll be back!”. E não é que ele voltou!

A Ubisoft acaba de anunciar um conteúdo extra para o game “Ghost Recon: Breakpoint”. Batizado de “Terminator Live Event”, coloca os jogadores diante do exterminador em duas missões, que podem ser executadas em modo cooperativo ou sozinho. Em uma delas o jogador deverá resgatar e se aliar a uma personagem vinda do futuro. O conteúdo também abre um novo local no mapa do jogo, onde será preciso lidar com os robôs T-800.

Ao término das missões, o jogador receberá itens exclusivos, que fazem alusão ao filme. Trajes do exterminador, assim como do personagem Kyle Rise, armas e veículos utilizados no cinema farão parte das recompensas.

Arnoldmania

Não é a primeira vez que os filmes estrelados por Schwarzenegger encantam os produtores da Ubisoft. Em 2017 a produtora lançou um conteúdo em celebração aos 30 anos do lançamento de “O Predador” para “Ghost Recon: Wildlands”, título anterior a “Breakpoint”. Nessa aventura, o jogador precisava investigar um homicídio e acaba se deparando com a criatura alienígena no meio da selva.

“Terminator Live Event”, jogador deverá resgatar e se aliar a uma personagem vinda do futuro e confrontar com os robôs T-800 de “O Exterminador do Futuro”
 

‘Battlefield V’ leva jogadores para lutar nas Ilhas Salomão


‘Battlefield V’ leva jogadores para lutar nas Ilhas Salomão

A Segunda Guerra Mundial foi um episódio tão devastador que todas as obras sobre o tema, seja livro, tese, filme, documentário ou game, mostram apenas fragmentos desse acontecimento que matou mais de 50 milhões de seres humanos, num período de seis anos. “Battlefield V” tem mostrado lances da guerra em episódios. O mais recente capítulo chega em 6 de fevereiro, com o título “Na Selva”.

O novo conteúdo coloca o jogador nos conflitos do Pacífico, mais precisamente nas Ilhas Salomão, onde as forças armadas dos Estados Unidos bateram de frente com o Exército Imperial do Japão. Não é a primeira vez que a Electronic Arts retrata esse trecho da guerra. 

Em 2004, ela publicou “Medal of Honor: Pacific Assault”. O jogo resgatava o ataque japonês à base de Pearl Harbor (no Havaí), em 1942, e a retaliação americana nos diversos arquipélagos dominados pelos japoneses.

Já em “Na Selva”, a batalha se concentra nas Ilhas Salomão, país integrante da Oceania, que agrega centenas de ilhas. No game, o jogador participa de combates em mata fechada, o que promete alto nível de desafio e combates a curta distância. O conteúdo oferece novas recompensas desbloqueáveis, como metralhadoras, lança foguetes, minas e até o famoso fuzil M2. Há também novos personagens elite (com habilidades avançadas) e itens cosméticos.