Após ida à Nova York, Eduardo Bolsonaro contrai Covid e aproveita para criticar passaporte da vacina

Da Redação
@jornalhojeemdia
24/09/2021 às 13:50.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:56
 (Marcelo Camargo/Agência Brasil )

(Marcelo Camargo/Agência Brasil )

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), testou positivo para Covid-19. A informação foi divulgada pelo próprio político na manhã desta sexta-feira (24) nas redes sociais.

O parlamentar esteve em Nova York nesta semana como parte da comitiva brasileira na assembleia geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Há três dias, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga, que também integrou a comitiva, testou positivo para a doença

O filho do presidente tomou a primeira dose da vacina contra a Covid em 26 de agosto e a segunda dose está prevista para novembro. Na internet, ele aproveitou sua condição para criticar a exigência do passaporte da vacina.

Sabemos que as vacinas foram feitas mais rápidas do que o padrão. Tomei a 1ª dose de Pfizer e contraí COVID.Isso significa que a vacina é inútil? Não creio. Mas é mais um argumento conta o passaporte sanitário.Estudos sobre efeitos colaterais e eficácia estão ocorrendo agora. pic.twitter.com/98vaZbiRMT— Eduardo Bolsonaro (@BolsonaroSP) September 24, 2021

Em outra postagem, Eduardo disse ainda que está bem e já iniciou os cuidados.

Apesar do diagnóstico estou me sentindo bem e comecei a me tratar imediatamente Obrigado pelas centenas de desejos de melhoras que já recebi. Logo estarei de volta.(Espero que este post não seja deletado)— Eduardo Bolsonaro (@BolsonaroSP) September 24, 2021
Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por