Eleições 2022

Convenções terminam com dez candidatos ao governo de Minas, mas cenário ainda pode mudar

Raíssa Pedrosa
rrezende@hojeemdia.com.br
Publicado em 06/08/2022 às 10:51.
 (Reprodução / TSE)

(Reprodução / TSE)

Terminou nessa sexta-feira (5) o prazo para realização das convenções partidárias em todo o Brasil. Agora, partidos têm até 15 de agosto para pedir ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o registro dos candidatos aos cargos do Executivo nacional e estadual (presidente e governador) e legislativo (senadores e deputados federais, estaduais e distritais).

Em Minas, ficaram definidas as candidaturas de dez pessoas ao governo do Estado, cenário que pode mudar até o fim do prazo para registo no TSE. Até lá, ao menos quatro candidaturas a vice-governador ainda devem ser definidas. 

Até então, são candidatos ao governo de Minas:

Alexandre Kalil (PSD), vice André Quintão (PT)
Romeu Zema (Novo), vice ainda não definido
Lorene Figueiredo (PSOL), vice Ana Paula Azevedo (PSOL)
Marcus Pestana (PSDB), vice ainda não definido
Carlos Viana (PL), vice ainda não definido
Cabo Paulo Tristão (PMB), vice ainda não definido
Indira Xavier (UP), vice Edna Gonçalves (UP)
Lourdes Francisco (PCO), vice Sebastião Francisco (PCO)
Renata Regina (PCB), vice Tuani Guimarães (PCB)
Vanessa Portugal (PSTU), vice Jordano Carvalho (PSTU)

Também estão definidos como candidatos ao Senado por Minas:

Cleitinho (PSC)
Marcelo Aro (PP)
Bruno Miranda (PDT)
Alexandre Silveira (PSD)
Sara Azevedo (PSOL)
Dirlene Marques (PSTU)
Irani Gomes (PRTB)
Naomi Coura (PCO)
Pastor Altamiro Alves (PTB)

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por