A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) investigam, na manhã desta quarta-feira (18), se há um "gato" no sistema que mede o consumo de energia na academia Pratto Fitness, localizada no bairro Cachoeirinha, região Nordeste de Belo Horizonte. Esta seria a terceira vez em que o empreendimento, que tem como sócios os jogadores de futebol Lucas Pratto e Léo Silva, é flagrado com uso de fiação clandestina de energia.

O Hoje em Dia noticiou no dia 21 de dezembro de 2017 que a Cemig havia notificado a empresa por fazer o gato para que o consumo de energia não fosse medido pelo relógio da academia. Na ocasião, a empresa percebeu a fiação clandestina depois que houve redução no consumo de energia. Um monitoramento eletrônico feito por técnicos indicou a irregularidade.

A assessoria da Polícia Civil confirmou a operação na manhã desta quarta para verificação de mais um “gato” na academia. Mais informações devem ser passadas para a imprensa à tarde.

Por meio de nota, a Academia Pratto Fitness afirma que não existe irregularidade na empresa e que seus representantes têm procurado constantemente a Cemig para solicitar a verificação e manutenção da rede elétrica. A empresa afirma ainda que suas contas de luz têm valor médio de R$ 15 mil e que há ocorrências de oscilações e quedas de energia onde funciona o imóvel.

"A academia Pratto Fitness preza pela idoneidade, legalidade e compromisso com a verdadee seus clientes, e lutará com todas as forças para provar que as acusações de irregularidades são descabidas e indevidas, não envidando esforços para responsabilizar a Cemig ou quem de direito pelos prejuízos à sua imagem, principalmente diante da forma de abordagem circense com a qual o caso vem sendo conduzido, inclusive com a presença de policiais e veículos de comunicação", diz a nota. 

O assessor de imprensa de Léo Silva, do Atlético, afirmou que o jogador é apenas sócio da empresa e não participa da gestão do espaço. Lucas Pratto, que atualmente mora na Argentina, não foi localizado.