O candidato ao governo de Minas pelo MDB, Adalclever Lopes, quer incentivar os empreendedores a investirem em Minas. Em caminhada na manhã deste sábado (8), pela região de Venda Nova, o emedebista afirmou que, caso eleito, diminuirá a burocracia do Estado em relação aos investidores que, segundo ele, é uma das principais reclamações dos empresários do Estado.

“Temos quase 20 mil processos parados nas gavetas da burocracia que poderiam estar gerando milhares de empregos no Estado. Isso é uma reclamação generalizada que a gente ouve por todo o Estado”, afirmou.

Adalclever citou um ranking divulgado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a consultoria Tendências e a Economist Intelligence Group, em setembro de 2017, em que Minas Gerais aparece apenas no sexto lugar na lista dos estados mais competitivos do Brasil, creditando a situação à falta de atenção das últimas administrações estaduais com o setor.

Solução

Como solução para o problema, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) pregou a aproximação e o diálogo com os empresários.

“Nós vamos montar uma estrutura pequena, enxuta, mas bem competente, para recebermos os investidores. Hoje, o Estado não tem isso. E um Estado que é inimigo do empreendedor é inimigo do trabalhador. Porque é o empreendedor quem gera emprego e renda. Vamos tratar o empreendedor, o investidor, a pão de ló", completou. 

Resposta

Sobre as declarações de Adalclever Lopes, o Governo de Minas afirmou que o Ranking de Competitividade mostra exatamente o contrário - Minas subiu da 7ª para a 6ª posição entre 2015 e 2017, último dado disponível. A informação pode ser conferida aqui.

Conforme nota, o desemprego é tema que mobiliza ações do governo Pimentel, incluindo a atração de empresas para o Estado - são 98 empreendimentos novos ou ampliados,  entre 2015 e 15 de agosto de 2018, com aplicação de R$ 6,35 bilhões no Estado. 

"Entre janeiro e julho de 2018, foram 102.883 novos empregos, o segundo maior saldo entre os estados, conforme o Caged, do Ministério do Trabalho", declarou a nota.  

Sobre processos parados, o Governo de Minas afirma que, para qualquer comentário, é fundamental saber sobre o que o candidato Adalclever está se referindo.