A fila de espera para obtenção de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passou dos 1,8 milhão de pedidos em julho e virou um exercício de paciência para trabalhadores que buscam se aposentar.

Para tentar agilizar os processos, o INSS prorrogou o Programa de Gestão do Atendimento Presencial (PGAP) até o fim deste mês. O objetivo é otimizar o funcionamento nas agências, para reduzir as filas de concessão dos benefícios.

Para falar desse assunto, o advogado especialista em Direito Previdenciário, Braian Santos, conversa com a repórter Maria Amélia Ávila, nesta quarta-feira (15), às 17h30. A live será transmitida pelo Instagram do Hoje em Dia.

Leia Mais:
BH bate recorde de calor do ano, com termômetros acima dos 36ºC nesta quarta-feira
Neto de Luciano do Valle é baleado na cabeça durante tentativa de assalto em São Paulo