O Aeroporto Carlos Prates, localizado a sete quilômetros do Centro de Belo Horizonte, recebeu investimento de R$ 783 mil para obras de manutenção dos níveis de segurança operacional. Os reparos já tiveram início e estão previstos para serem concluídos no próximo dia 12 de dezembro.

Conforme a Infraero, as obras de recapeamento estão sendo feitas nos trechos das pistas de taxiamento de aeronaves A, C e D e no pátio 01, de segunda a sexta-feira, das 7h às 20 horas. A empresa que administra o terminal garantiu que todo o cronograma foi planejado e apresentado aos concessionários e operadores de aeronaves "para minimizar impactos nas operações".

"Nosso objetivo é atender e oferecer um sistema de pistas e pátios dentro dos melhores níveis de segurança estabelecidos pela Anac. E as obras de manutenção do sistema de pistas do terminal belo-horizontino reafirmam nosso compromisso", garante o superintendente do aeroporto, Ricardo Signorini.

O Aeroporto Carlos Prates é um dos principais apoios à aviação executiva da capital mineira e tem sua ação voltada especialmente para a formação de pilotos, aviação desportiva e de pequeno porte, e instrução e manutenção de aeronaves de asa fixa e rotativa.

Em 2017, o aeroporto recebeu 24.036 passageiros, entre embarques e desembarques. E, até outubro de 2018, esse número foi de 16.577. A área do sítio aeroportuário tem aproximadamente 580mil m², onde estão instalados 15 hangares. Já o terminal de passageiros tem 350 m², e a pista de pousos e decolagens conta com 868 metros de comprimento por 18 metros de largura.