Pelo menos 21 pessoas morreram no incêndio de uma mina de carvão no estado de Heilongjiang, no nordeste da China, e uma ainda está desaparecida - informou a imprensa estatal neste sábado.

O fogo começou na sexta à noite em uma mina da cidade de Jixi, gerida pela estatal Heilongjiang Longmay Mining Holding Group, segundo a agência Xinhua, que inicialmente anunciou que havia 22 pessoas presas.

As equipes de resgate encontraram os corpos de 21 mineiros e estão à procura de outra pessoa desaparecida, disse a agência, citando um funcionário do governo local.

Na mina havia 38 mineiros quando o fogo começou - dezesseis deles conseguiram escapar.

A China é o maior produtor de carvão do mundo e está tentando melhorar o setor de segurança. No ano passado, os acidentes com minas, muitas vezes causados pela corrupção, mataram 931 pessoas, segundo dados oficiais.

Em julho, seis pessoas foram resgatadas de uma mina inundada em Heilongjiang que passaram uma semana presas em decorrência de um acidente onde morreram ao menos quatro pessoas.