O Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais informou, nesta quarta-feira (10), que não vai apoiar nenhum dos candidatos que disputam o governo do Estado no segundo turno das eleições.

“As diferenças programáticas impõem ao Partido dos Trabalhadores esta decisão de neutralidade”, explica o comunicado. 

O partido diz ainda que reconhece o resultado do processo democrático e pede aos mineiros que votem em Fernando Haddad, para dar continuidade ao governo Lula.

“Dentro de uma Frente Ampla, em defesa da democracia, da liberdade, dos direitos individuais e coletivos, contra qualquer retrocesso. Fernando Haddad cuidará de Minas Gerais e de todas as mineiras e todos os mineiros, com um amplo programa de geração de emprego e renda, infraestrutura, enfrentamento à violência, educação e saúde para todos”, conclui a nota.

Leia mais:
Anastasia reitera aversão ao PT e libera lideranças para apoios à disputa nacional
Zema reafirma que não rejeitaria apoio do PT e recua em relação à população carcerária
Zema e Anastasia têm propostas distintas para solucionar problemas em Minas
Anastasia critica Zema por dizer que aceitaria apoio do PT; veja o vídeo