O ex-presidente da República Michel Temer deixou nesta segunda-feira (25), às 18h42, a sede da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, onde estava preso desde a última quinta-feira (21), em uma cela improvisada, no prédio que fica no centro da cidade.

Temer foi beneficiado por um habeas corpus concedido pelo desembargador Ivan Athié. Ele foi preso na última quinta-feira (21), durante a Operação Descontaminação, que investiga desvio de verbas nas obras da usina nuclear Angra 3.

O ex-presidente saiu acompanhado de seu advogado e escoltado por um carro da Polícia Federal.   

Leia mais:
Desembargador manda soltar ex-presidente Michel Temer nesta segunda
Justiça manda soltar empresário detido na operação que prendeu Temer
Juiz Marcelo Bretas decide manter prisão de Michel Temer
Temer, Moreira Franco e coronel Lima prestam depoimento na PF no Rio