Uma aposentada russa de 81 anos morreu em uma delegacia depois de ser acusada de ter roubado manteiga em um supermercado de Kronstad, próximo a São Petersburgo.

A idosa faleceu depois de reclamar que estava sentindo dores enquanto era levada à delegacia, onde foi acusada do roubo.

Os aposentados russos, que recebem uma pensão básica do Estado, têm passado dificuldades para chegar até o fim do mês com o benefício.

Durante o governo de Vladimir Putin, as aposentadorias tiveram um aumento.