Tem início neste sábado (26), no autódromo de Interlagos, o TCR South America. A edição latina da categoria de turismo, criada em 2014, coloca carros de produção na pista. A competição é disputada em 30 países e a edição sul-americana terá etapas no Brasil, Chile, Uruguai e Argentina. 

O TCR ganhou popularidade por ser mais acessível que demais categorias do esporte a motor e com formato dinâmico. Cada etapa conta com duas baterias com 30 minutos de duração. Sendo que as posições da primeira corrida definem o grid da segunda. 

Outro fator que tem atraído o interesse pelo TCR é o maior equilíbrio. Isso porque os carros devem seguir especificações como comprimento mínimo (4,20 m), peso mínimo de 1.250 quilos, largura mínima (1,95 m), carroceria de produção hatch ou sedã, com quatro portas, suspensão original, reforço estrutural, rodas aro 18 e motor 2.0 turbo limitados a 350 cv e 42 kgfm de torque. 

As definições permitem que os carros possam correr em qualquer outra competição da TCR, o que facilita inclusive a troca de veículos. Ou seja, o que diferencia um carro do outro é o desenho do automóvel e o braço do piloto. 

A competição terá oito etapas, sendo três no Brasil: Interlagos, Curitiba e no Velopark, em Nova Santa Rita (RS). A quarta etapa será em Rivera (Uruguai), assim como três provas na Argentina e o encerramento no Chile.

Ao todo serão 14 baterias, com 26 carros inscritos. São modelos como Audi A3 Sedan e até mesmo Alfa Romeo Giulietta. 

Para o piloto Nonô Figueiredo, que chefiará a equipe Cobra Racing Team, que colocará na pista dois Audi RS3 LMS TCR (pilotados por Adalberto Baptista e por Digo Baptista), a modalidade se tornou uma das mais competitivas do automobilismo. 

“Estamos confiantes no potencial dos nossos pilotos e dos nossos carros. O Audi RS3 LMS apresentou bons resultados em outros campeonatos da TCR. Será a primeira vez que todos se encontrarão na pista, então não há favoritos. A TCR é uma das categorias mais equilibradas que existem atualmente. Por isso mesmo, o que irá acontecer é uma incógnita”, comenta.

Na tarde deste sábado será definido o grid de largada. As duas baterias serão disputadas no domingo (27), a partir das 8h43, com transmissão de VT no canal ESPN Brasil, a partir das 11h15.