Aviões de guerra liderados pela Arábia Saudita lançaram dois ataques aéreos sobre um mercado lotado em uma região no norte do Iêmen controlada pelos rebeldes xiitas houthis. Segundo a agência de notícias estatal SABA, pelo menos 65 pessoas morreram e 55 ficaram feridas. Três testemunhas descreveram cenas de terror.

O mercado da cidade de Mastaba, na província de Hajja, recebe centenas de pessoas e estava cheio no momento do ataque. Testemunhas disseram que não havia alvos militares na área. Uma coalizão liderada pelos sauditas está combatendo os houthis há um ano, com o objetivo de defender o governo iemenita reconhecido internacionalmente.

"A cena era apavorante", contou Showei Hamoud por telefone de Mastaba. "Sangue e pedaços de corpos estavam por toda parte", afirmou. Segundo ele, muitos dos mortos eram crianças que trabalhavam em troca de gorjetas. "Pessoas carregavam membros humanos em sacolas e lençóis", acrescentou.

O conflito no país opõe rebeldes e unidades militares leais ao ex-presidente, de um lado, e o governo reconhecido internacionalmente, praticamente limitado à cidade de Aden, de outro. O combate já deixou mais de 6,2 mil civis mortos, obrigou milhões e abandonarem suas casas e levou o país mais pobre do mundo árabe à penúria. Fonte: Associated Press.