Belo Horizonte recebeu, na manhã deste domingo (21), mais uma vez manifestações contra e a favor do presidente Jair Bolsonaro, como já vem acontecendo nos últimos fins de semana.

A passeata contra Bolsonaro começou às 11h, na Praça da Bandeira, no Mangabeiras, na região Centro-Sul da capital, reunindo principalmente integrantes dos movimentos antifascistas das torcidas organizadas.

Além de manifestações contra o fascismo e o racismo, chamou a atenção uma bandeira em preto e branco, da Resistência Alvinegra, com os dizeres "Marielle Presente" e o rosto da vereadora carioca assassinada em março de 2018.

Os manifestantes, a maioria vestida de preto, desceram a Avenida Afonso Pena em direção à Praça Duque de Caxias, no bairro Santa Tereza, na região Leste de BH.

MANIFESTACAO

Manifestação a favor de Bolsonoro partiu da Praça da Papa e seguiu até a Praça da Liberdade

Não houve relatos de confusões com o outro movimento, pró-Bolsonaro, iniciado às 10h, na Praça do Papa, também no Mangabeiras. Com roupas que destacavam o verde e o amarelo, o grupo exaltou Abraham Weintraub, que deixou o ministério da Educação na última semana.

Também não faltaram críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF), em especial ao juiz Alexandre Moraes, à frente de ações que envolvem manifestações antidemocráticas e as fake news.