O preço médio da gasolina caiu em Belo Horizonte se comparado ao valor cobrado há cerca de duas semanas. Uma pesquisa divulgada pelo Mercado Mineiro mostra que houve uma queda de R$ 0,06 no valor da gasolina comum entre os dias 5 e 8 deste mês, quando a pesquisa foi realizada junto a 130 postos da capital e região metropolitana.

Em comparação com o último estudo feito no dia 21 de outubro deste ano, o valor médio da gasolina caiu em 1,15%. Antes, o valor médio do litro era de R$4,885 e, atualmente, R$4,829. O registro coloca BH um pouco acima da média nacional, já que segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio da gasolina teve uma queda de 1,08% nos postos de todo o país nesta primeira quinzena de novembro. 

Os estabelecimentos onde foram encontrados os valores mais em conta para o consumidor estão localizados na região Norte de BH, enquanto os preços mais altos estão concentrados na região Centro-Sul. Somente na capital, a diferença de preço entre os estabelecimentos pesquisados vai de R$ 4,655 a R$ 5,299, uma variação de quase 14%.

Já na região metropolitana, o preço médio do litro da gasolina comum está custando cerca de R$ 4,84 em Betim e R$ 4,76 em Contagem.

E o valor do etanol também apresentou uma leve queda. Se no dia 6 de setembro o valor médio encontrado nos postos era de R$ 3,095, hoje, o combustível está custando cerca de R$ 3,076 o litro. Também neste caso, o menor preço médio registrado (R$ 2,976) está na região Norte de BH, enquanto o maior (R$ 3,166) na região Centro-Sul. Já em Betim e Contagem o preço médio está R$ 3,086 e R$ 3,166 respectivamente.

A pesquisa do site Mercado Mineiro ainda aponta que, para os consumidores, abastecer com álcool é mais viável para o bolso, uma vez que o preço do etanol corresponde a 64% do valor médio da gasolina.

O valor médio do Diesel também apresentou uma queda de aproximadamente R$ 0,03 pelo litro, na comparação entre o dia 21 de outubro e o início deste mês.