O vereador Bim da Ambulância (PSDB) é o novo corregedor da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) e Fernando Luiz (PSB) assumirá o cargo de ouvidor. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (2) pela presidente da Casa, Nely Aquino (PRTB), e os nomes serão publicados no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira (3).

O corregedor e o ouvidor não são membros da Mesa e são designados pelo presidente para exercer atividades complementares.

Segundo o artigo 171 do regimento interno, compete ao corregedor auxiliar o presidente na manutenção do decoro, da ordem e da disciplina no âmbito da Câmara, bem como apurar fato relativo ao exercício do mandato, em defesa da dignidade parlamentar e institucional.

Agora responsável por zelar pela imagem da Casa, Bim da Ambulância ficou famoso ao ser preso, em 2017, por descer de helicóptero na praia de Bacutia, em Guarapari.

Já ao ouvidor compete registrar e dar o tratamento adequado às sugestões, críticas, reclamações, denúncias, elogios e pedidos de informação sobre as atividades da Câmara apresentadas por público externo. Os mandatos do corregedor e do ouvidor coincidem com o mandato da Mesa.