Recentemente a BMW lançou sua concessionária virtual na rede social Instagram. Agora a marca alemã faz seu primeiro lançamento pelo aplicativo. Ela acaba de lançar, via Insta, o novo 330e M Sport, que tinha sido anunciado semanas antes. O sedã híbrido desembarca por aqui, ao preço de R$ 297.950.

O 330e M Sport é um carro que surpreende pelo pacote tecnológico embarcado. Ele é a primeira opção do sedã a contar com sistema híbrido plug-in (que permite carregamento por fonte externa). Mas o que chama atenção é a estratégia de lançamento, pelo Instagram. 

 

Nesses dias de confinamento social, alguns modelos chegaram ao mercado. Alguns tiveram apresentações online, outros apenas com divulgação do início das vendas. Mas com o 330e, a sacada é que o carro estreou podendo ser comprado pela ferramenta. O que não deixa de ser inusitado.

“Optamos por oferecer este modelo em nosso canal do Instagram levando ainda mais comodidade aos clientes que podem concluir o processo com a rede de concessionários sem sair de casa”, afirma o diretor Comercial da BMW do Brasil, Roberto Carvalho. 

Para levar o alemão para casa, basta clicar na sacolinha e iniciar o processo de compra, que direciona o cliente para a loja onde será feita a retirada. 

Caminho sem volta

Questionado se esse novo modelo de lançamento e comércio irá mudar a forma de divulgar e vender carros no Brasil, o diretor de comunicação da BMW, João Veloso, explica que ainda é cedo para afirmar onde tudo isso irá dar, mas garante que a entrada do setor no e-commerce é um caminho sem volta. 

"A digitalização e aumento de ações online é um caminho sem volta, ao menos no curto e médio prazos. Hoje trabalhamos com três perfis de clientes: Aquele que quer ir na rede e deve fazer com hora marcada. O cliente que não quer até a revenda, e possuímos serviço de leva e traz. E temos aquele que quer tudo por meio digital", explica

O carro

Ferramentas de venda à parte, fato é que o 330e M Sport chega para ser a segunda opção mais sofisticada do portfólio do Série 3, no mercado brasileiro. Acima dele, apenas o intempestivo M340i, que teve sua tiragem inicial, First Edition, esgotada. Abaixo dele, se posiciona o 330i M Sport.

Com 292 cv, a versão supera o 330i M Sport  em 34 cv. Já o torque subiu para 42 mkgf, ante os 40 mkgf do esportivo. No entanto, o 330e recorre a uma versão mais mansa do motor TwinPower 2.0. Ao invés da unidades de 258 cv, ele recorre à versão com 184 cv e 30 mkgf, associada a um módulo elétrico de 113 cv e 25,6 mkgf. Tudo isso garante aceleração de 0 a 100 km/h em 5,6 segundos e velocidade máxima de 230 km/h.

XtraBoost

Apesar de os 292 cv de potência máxima declarados, o 330e opera normalmente com 252 cv (que não é pouca coisa). Os outros 40 cv são acionados temporariamente pela função XtraBoost, que basicamente é uma descarga de 10 segundos do motor elétrico, utilizada em ultrapassagens e necessidades de força máxima. O recurso fica disponível quando se está com o modo Sport ativado.

Segundo a BMW, a versão é equipada com baterias de íon de lítio que garantem até 66 quilômetros de autonomia, apenas com uso de eletricidade. A recarga pode ser feita usando energia das frenagens, assim como freio motor e também por fonte externa, na rede elétrica doméstica, com carregadores do tipo WallBox e em eletropostos.

Conteúdos

Por dentro o 330e M Sport oferece o mesmo padrão de acabamento do 330i, com couro para todos os cantos. Em termos de tecnologias embarcadas, o sedã conta com conexão 4G própria, Apple CarPlay (sem fio), comandos de voz, que é capaz de aprender os hábitos do motorista, ar-condicionado digital de múltiplas zonas, direção elétrica, quadro de instrumentos digital, assim como multimídia com serviços como previsão do tempo, informações de tráfego e noticiário.

Como era de se esperar, o sedã vem equipado com assistentes de condução como: controle de cruzeiro adaptativo, memória de trajeto, Reversing Assistant (que registra os últimos 50 metros percorridos, podendo “desfazê-los” em marcha ré, facilitando a saída de locais ou vias estreitas que dificultam a realização de manobras), monitor ativo de faixa, visão e sensores 360º, além do conhecido estacionamento automático. Ou seja, a amigo só bate esse carro se estiver muito decidido.