O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nesta sexta-feira (15), que "todos os meios foram disponibilizados" para resolver a questão da falta de oxigênio a pacientes com Covid-19 em hospitais do Amazonas. 

"Por três dias, o Ministro da Saúde esteve pessoalmente em Manaus. Todos os meios foram disponibilizados para atender à população, como relatamos na Live de ontem: transporte de oxigênio, transferência de pacientes para hospitais federais da região, etc", declarou, em postagem no Facebook.

A publicação ainda traz uma imagem do Portal da Transparência que aponta valores transferidos pelo governo federal ao Amazonas, um total de R$ 8,91 bilhões.

Veja:

amazonas

 

Colapso

Ao lado de Bolsonaro na transmissão ao vivo em rede social, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, utilizou o termo "colapso" para se referir aos problemas enfrentados no estado do Norte do país. 

Segundo ele, a normalização do fornecimento de oxigênio em Manaus é prioridade do governo federal.

Leia mais:
Ipea aponta inflação de 6,22% para as famílias mais pobres em 2020
Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões
Vendas do comércio varejista caem 0,1% em novembro