O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) poderá vir a Minas Gerais nesta quinta-feira testemunhar de perto os estragos causados pelos últimos temporais, que deixaram ao menos 54 mortos. A informação foi divulgada pelo governador Romeu Zema (Novo).

"Tivemos (no domingo) com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, e o próprio ministro se propôs a voltar a Belo Horizonte e, conversando come ele hoje, ele manifestou que o presidente gostaria de vir neste momento difícil do Estado, da mesma maneira que ele fez com Brumadinho", disse Zema em entrevista coletiva à imprensa.

A vinda de Bolsonaro ainda não é certa. Zema, contudo, considera importante a presença do presidente da República em Minas: Muitas vezes - sempre falo isso como gestor - aquilo que os olhos veem é muito mais forte do que qualquer noticiário, qualquer relatório. Então seria muito importante a presença dele aqui".