O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, concede entrevista coletiva nesta terça-feira sobre a vacinação de gestantes contra a Covid-19. O pronunciamento ocorre no mesmo dia em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a suspensão imediata do uso da vacina da AstraZeneca/Fiocruz para grávidas. A decisão é resultado do monitoramento de efeitos adversos do imunizante. Agora, só podem ser aplicadas nas grávidas a CoronaVac e a Pfizer.
 

Marcelo Queiroga

A decisão é resultado do monitoramento de efeitos adversos do imunizante. Agora, só podem ser aplicadas nas grávidas a CoronaVac e a vacina da Pfizer

Assista a coletiva na íntegra:
 


Leia mais:
Queiroga anuncia compra de mais 100 milhões de vacinas da Pfizer
Pronto-Socorro da Lapa recebe 10ª miniusina de oxigênio de São Paulo