Cães e gatos são recolhidos de pet shop após denúncia de maus-tratos

Folhapress
10/01/2014 às 18:08.
Atualizado em 20/11/2021 às 15:16

SÃO PAULO - Filhotes de cães e gatos de um pet shop Central do Filhote, que fica dentro do hipermercado Extra, na região de Santa Rosália, em Sorocaba (a 99 km de São Paulo), foram recolhidos pela Polícia Militar Ambiental, na manhã de hoje, após denúncias de maus-tratos.    O estabelecimento estava fechado e passava por uma ordem de despejo por conta de aluguéis atrasados, quando um veterinário passou pelo local e denunciou um possível caso de maus-tratos, contou Ilka Micheletti, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).    A comissão então acionou a ONG Adote Sorocaba, que chamou a PM para averiguar a situação. Segundo a PM, foram encontrados no local 40 animais, entre cães, gatos, coelhos, aves e roedores. Todos foram encaminhados para avaliação de um veterinário. Eles permaneciam em um clínica, passando por exames, na tarde desta sexta-feira (10).    "Não tem janela no local e o ar-condicionado e os ventiladores estavam desligados. Encontramos barata em potes de rações e dentro das jaulas. Eles [os animais] não aparentam ter maus-tratos físicos, mas parecem sofrer de desidratação e diarreia", afirmou João Rodrigues Filho, da ONG Adote Sorocaba.    Segundo a PM, se for constatado maus-tratos contra os animais, o proprietário será multado. A reportagem tentou contato com o pet shop por telefone, na tarde de hoje, mas ninguém atendeu as ligações.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por