Os romeiros que estão em Belém do Pará para as festividades do Círio de Nazaré conheceram, na noite dessa quinta-feira (8), o manto que vai vestir a imagem peregrina de Nossa Senhora, nas 12 romarias que compõem o Círio. A apresentação da peça foi pouco depois das 19h, após a missa de apresentação, celebrada na Basílica Santuário.

Aos 82 anos, Ana Euridice Valieiro saiu de São José dos Campos, em São Paulo, para participar do Círio em Belém. Ela disse que a apresentação do manto é um dos momentos mais aguardados pelos romeiros. “Lindo, maravilhoso! Muito mesmo, eu não esperava. A gente chora de ver. Tanta alegria. Estou emocionada demais.”

O ornamento contempla o tema do Círio deste ano:“Maria, Mulher Eucarística”. A peça é predominantemente clara e contém pedrarias com detalhes em rosa, verde e dourado, que formam elementos simbólicos. No centro, a hóstia e o cálice, a coroa da rainha, o M de Maria e os anjos adoradores. Na barra e nos cantos, a representação de São Miguel Arcanjo. Raios dourados se estendem por todo o manto.

O broche que fecha a peça traz o rosto de dom Vicente Zico, oitavo arcebispo de Belém, falecido em maio desde ano. A estilista Stela Barros, pela segunda vez escolhida pela diretoria do Círio para a confecção da peça, explicou a homenagem.

“O broche neste momento foi uma coisa muito bem escolhida porque o dom Vicente Zico foi uma pessoa que encantou. Uma pessoa muito querida na cidade, por todo mundo. Com a morte dele, foi uma tristeza. E nós aproveitamos para homenageá-lo. Uma homenagem muito justa e merecida.”

A pequena Estela, que completou 6 anos de idade nessa quinta-feira, foi com a família ver de perto a imagem da Virgem Santa. “Eu sinto presença de Deus. Ela é minha rainha, que cuida de mim, de Jesus, da família dela. Graças a Deus eu nasci no dia do Círio”.

Nesta sexta-feira (9), pela manhã, ocorre o traslado da imagem peregrina para os municípios de Marituba e Ananindeua, na Grande Belém, onde a imagem vai passar a noite em vigília.