PORTO VELHO - O corpo de um recém-nascido foi encontrado na tarde de quinta-feira (19) por catadores de lixo no aterro municipal de Porto Velho, localizado na comunidade Vila Princesa, a dez quilômetros da capital de Rondônia. 
 
O catador de material reciclável Benedito Dias Morais contou que estava separando o lixo quando avistou, enrolado em um saco plástico, o corpo de uma criança. 
 
Ele gritou para que o operador da máquina que trabalhava no local desligasse o equipamento para que o corpo não fosse enterrado junto com o lixo. 
 
"É inacreditável uma coisa dessas. Até desanimo de trabalhar. E o pior é que não é a primeira vez que a gente vê esse tipo de situação", disse o catador. 
 
A polícia técnica compareceu ao local para recolher o corpo e periciar o local. Segundo o perito, o bebê teria cerca de dois meses de vida. A ocorrência foi registrada no 3º Departamento de Polícia. 
 
Agora, a polícia vai investigar a causa da morte e tentar identificar quem são os pais e quem jogou o corpo no lixão.